fbpx

Sem espaço com Roger, jovem meio-campista publica texto de despedida ao Grêmio: “Nunca quis ser problema”

Jovem Matheus Frizzo está deixando o clube e deve reforçar o Tombense, também da Série B

A sexta-feira terminou com despedida no Grêmio. Sem espaço no elenco dirigido por Roger Machado, o volante Matheus Frizzo, de 23 anos, publicou o adeus ao clube nas redes sociais. Ele, que assegurou que “nunca quis ser problema”, tem negociação em andamento para atuar no Tombense, que faz uma campanha intermediária na atual  Série B.

“Fala galera, se encerra minha passagem por este grande clube, saio com a consciência limpa de que fiz tudo o que estava ao meu alcance e até fora dele, abdicando de muita coisa e priorizando o Grêmio sempre, para jogar pelo clube que tanto gostaria. Em questão de dedicação, comportamento, esforço, sempre lutei pelo meu espaço, tentei ser o mais correto possível nas minhas ações e com as pessoas que convivi, fiz o melhor que pude porque achei que poderia ajudar de alguma forma e nunca quis ser um problema”, disse, antes de assegurar não guardar mágoas:

“Não guardo mágoas de ninguém e desejo muito sucesso ao clube e aos companheiros que ficam. Hora de retomar minha carreira em outro lugar e fazer o que eu mais amo que já estou com saudades. Forte abraço”.

Frizzo era da base do São Paulo e chegou ao Grêmio em 2019, sem nunca ter tido sequência no profissional. Desde então, esteve emprestado em outros clubes como Atlético-GO, Vitória e Botafogo. No início da Série B, se irritou ao ter ficado de fora do banco de reservas de uma partida, algo considerado como “indisciplina” por Roger, que o afastou.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Grêmio:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas