São Paulo mantém posição contra a paralisação e diz que parar Brasileirão seria “simbolismo”

Presidente são-paulino Julio Casares é a favor da continuidade do Brasileirão

Publicidade

Em entrevista concedida à ESPN nesta quarta-feira, o presidente do São Paulo, Julio Casares, explicou a postura do clube em meio ao debate de paralisar ou não o Brasileirão por conta da situação do Rio Grande do Sul, que vive a pior enchente de sua história, afetando diretamente os times gaúchos. O clube paulista mantém o posicionamento de ser contra a paralisação.

“(Paralisação do Brasileiro é um) Tema difícil. Toda solução para este tema tem dificuldades. O que temos que entender é: a CBF, que organiza o campeonato, convocou um Conselho Técnico para o dia 27 de maio, e lá vai ser o fórum de discussão. O ato humanitário está aqui (mostra doações), o ato humanitário não desassocia do futebol. O ato esportivo do simbolismo, que muitos falam em parar duas rodadas, não sei o quanto pode contribuir de forma pragmática”, disse Casares.

Veja também:
1 De 5.923

“Se há uma convocação, vamos reunir. Existe um fórum adequado convocado, vamos reunir. Acho que o grande jogo que não pode parar é esse aqui, da solidariedade. Existe uma dor mundial pelo que está acontecendo no Rio Grande do Sul. Temos que agir com muita razão, cautela. Às vezes… Parar duas rodadas ajuda no quê? Se for simbolismo, o simbolismo está aqui”.

O São Paulo liderou doações ao Rio Grande do Sul e enviou 320 toneladas de mantimentos aos mais necessitados e atingidos pelas chuvas. Em relação ao futebol, o time paulista sugere um “calendário adequado” para os gaúchos na retomada:

“E o futebol pode continuar, garantindo aos times do Sul, Juventude, Grêmio e Internacional, toda condição de equiparação esportiva. Que eles tenham calendário adequado, que o campeonato se estenda, que eles se preparem mais”, seguiu.

Apenas São Paulo e mais dois times são contra a parada

Na última terça-feira, Bahia e Vitória soltaram nota conjunta revisando o seu posicionamento, sendo agora favoráveis à paralisação do Brasileirão. Desta forma, dos 20 clubes da Série A, apenas São Paulo, Palmeiras e Flamengo são contra a interrupção dos jogos.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas