fbpx

Roger admite que Gabriel Grando se mostrou abatido no vestiário por lances inseguros em vitória do Grêmio

Técnico gremista falou sobre a situação do seu goleiro em entrevista depois da vitória

Nem tudo foi motivo para comemorar no Grêmio mesmo na vitória de 1×0 sobre o Londrina, na Arena, em resultado que manteve o time no G-4 da Série B. A atuação do goleiro Gabriel Grando, por exemplo, preocupou e assustou a torcida por alguns lances específicos de insegurança. No vestiário, o jogador esteve “de cabeça baixa” segundo relato do próprio técnico Roger Machado.

“No vestiário ele estava de cabeça baixa, mas essa insegurança vamos ter que saber lidar. Perdemos um pouco a concentração depois do gol invalidado, mas recuperamos rápido”, avaliou Roger.

No lance de maior contestação a Grando, ele soltou uma bola simples em cruzamento na área e o Grêmio sofreu o gol de empate no rebote. Havia impedimento e toque no braço na jogada, gerando a intervenção do VAR para a “sorte” do goleiro gremista.

Desde a chegada de Roger Machado, não vem mais acontecendo o rodízio entre os goleiros como fazia Vagner Mancini. Brenno tomou de vez a posição de titular, mas, no momento, enfrenta nova lesão muscular e não tem prazo para voltar. O recente problema foi identificado quando ele tratava lesão na panturrilha. Adriel tem sido o substituto imediato.

Com Gabriel Grando mantido no gol, o Grêmio, que é o 4° com 25 pontos na Série B, se prepara agora para encarar o Bahia, fora de casa, às 16h, no domingo.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Grêmio:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas