fbpx

Diego Souza chama Saimon de “juvenil” e “covarde” após joelhada em vitória do Grêmio; zagueiro rebate

Polêmica aconteceu bem nos minutos finais da partida vencida pelo Grêmio em casa

A vitória de 1×0 do Grêmio com gol de Biel na Arena sobre o Londrina não terminou sem polêmica. Já na reta final da partida, o centroavante Diego Souza reclamou de uma joelhada dada pelo ex-gremista Saimon e esbravejou na entrevista à reportagem do Premiere pós-jogo. O artilheiro gremista usou expressões como “covardia” e “juvenil” ao falar do rival.

“O time jogou bem. Postura de Grêmio, com mais volume de jogo. Fizemos o que tínhamos que fazer, jogo difícil. Se é o contrário do que eu tomei ali, a joelhada que dá, se é o contrário eu estou na rua. Maior covardia que já vi daquele juvenil ainda. Mas tudo bem”, disse Diego.

Saimon também concedeu entrevista após a partida e deu a sua versão sobre o lance, negando com veemência ter sido “covarde” e lembrando que já enfrentou Diego Souza muitas vezes na carreira:

“Ele disse que foi um ato covarde. Mas eu falei pra ele, eu conheço ele, nunca fui covarde com ele. No calor do jogo, pedi desculpas. Se tivesse sido covardia o VAR tinha visto. Está tudo certo”, justificou.

Em termos de tabela de classificação, o Grêmio segue em 4° agora com 25 pontos e visita na próxima rodada o Bahia, domingo, a partir das 16h.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O GRÊMIO:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas