Renato admite que espera mais reforços e nega estar “castigando” a imprensa: “Adoro ser criticado”

Técnico Renato Portaluppi está esperando novos reforços no Grêmio

Publicidade

O técnico Renato Portaluppi, sem especificar posições, admitiu que espera mais reforços no Grêmio para conseguir tocar o grupo em uma temporada tão longa. Em coletiva neste domingo, logo depois da vitória de 2×0 sobre o Brasil de Pelotas, na Arena, que garantiu o tricolor na semi do Gauchão contra o Caxias, ele ainda negou estar “castigando” a imprensa por ter fechado os portões do CT nos últimos treinos:

Possíveis reforços

Eu não dou nomes. Mas se o jogador não vem eu só valorizo ele para outro clube. Falo de quem vem e quem assina contrato. Os nomes a gente deixa entre nós e a direção. Alguns conseguimos trazer e outros não. Falo dos jogadores que assinam contrato. Precisamos fortalecer o grupo. Quanto mais chegarem, independente da posição, a gente precisa. O ano é longo, com um jogo atrás do outro. Lesão, cartão. Todos aqui estão conscientes dessa necessidade

Renato castigando imprensa?

Eu não estou castigando ninguém da imprensa não em fechar os portões. Vocês têm a sala de vocês para tomar o cafezinho, a água. Podem ir lá todo dia. A Europa faz isso há muito tempo. Outros clubes daqui também. Aí eu peço para fechar e parece que eu estou revolucionando o futebol gaúcho. Mas não. Isso será rotina no futebol brasileiro. Podem esperar. Não é nada contra vocês, eu sempre tratei muito bem vocês. Nunca faltarei com respeito com vocês. Só que o CT é o meu quintal de trabalho. Ali a gente trabalha tudo que for necessário

Renato admite que espera mais reforços e nega estar "castigando" a imprensa: "Adoro ser criticado"
Renato durante a vitória do Grêmio – Foto: Roberto Vinicius/Zona Mista

Mayk

Mayk tem treinado bem, o grupo recebeu bem. Nós avaliamos bastante ele no Guarani. Tem treinado bem, nós precisávamos alguém desta posição. Ele saiu por conta de uma dor na perna e agora ele fará exame para saber o que ele sentiu. Se é que tem alguma coisa

Mais de Renato sobre a imprensa

Tem uns colorados doentinhos, que eu não tenho nada contra, que falam o que querem. E outros gremistas que aproveitam para ganhar cliques. O trabalho de vocês é elogiar e criticar. Sem problemas. Mas quando as críticas ultrapassam e quando começam a falar besteiras para fazer a cabeça da opinião pública, quando se acham donos do clube, não dá, que fiquem no lugar deles. Adoro ser criticado, desde que o cara me mostre que eu fiz algo errado. Mas se eu fiz algo certo e vem críticas, críticas, críticas… tem gente que se acha dono do pedaço. É uma minoria, três, quatro, que se acham donos. Os donos do clube são os torcedores

Retorno de Soteldo

Craque sempre tem lugar no time. Se eu tenho dois craques na mesma posição, eu boto um deles em outra. O diferenciado sempre jogará comigo. Por que não aproveitarei um cara em cima da média? E não falo só do Soteldo. Isso aí é o de menos. Improviso, troco de posição, mas vai jogar. Prefiro assim do que botar alguém sem confiança. Eu chamo ele de ‘raio’. Vai voltar daqui a pouco. E o Soteldo eu já vi várias vezes jogando por dentro. Contra mim, inclusive. É bom ter isso. Assim eu posso mexer o tabuleiro

Leia mais algumas notícias do Grêmio de Renato:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul