Presidente do Inter mira buscar “alternativas” para que o time não sinta a saída de titulares

Direção do Inter espera acrescentar qualidade ao elenco na próxima temporada

Em mais de uma ocasião na temporada, o Inter teve uma visível queda de produção no segundo tempo das partidas, especialmente com a saída de jogadores decisivos no sistema do técnico Eduardo Coudet, como Aránguiz, Mauricio e Alan Patrick. Ciente disso, o presidente Alessandro Barcellos, que concorre à reeleição, deseja “atacar” o problema buscando as devidas alternativas.

“Mauricio convocado para seleção olímpica, Johnny para americana, Wanderson crescendo de produção, Aránguiz fazendo o time jogar, Alan Patrick com dinâmica e qualidade pifando e fazendo gols, Enner Valencia é um finalizador. O primeiro passo está bem dado. O que precisa?”, disse Barcellos, ao Flow Sport Club, recentemente.

“Buscar reforçar com alternativas para esses jogadores para que possa ter alternativas no calendário denso do futebol brasileiro e suportar mais de uma competição e dar uma estabilidade mais acima nas tabelas e poder ir mais longe”, acrescentou.

O que o Inter busca?

Independentemente da eleição presidencial, a atual gestão do Inter já vai planejando a temporada, embora evite falar de nomes. Mas um deles já surgiu na mídia: o meia Gustavo Scarpa, do Notthingham Forest, da Inglaterra, emprestado ao Olympiacos, da Grécia. O Atlético-MG também tem interesse neste atleta. Outra prioridade colorada é buscar um atacante de nível de titularidade para fazer parceria com Enner Valencia.

Veja também:
1 De 6.113

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas