“Peguei pelo pescoço”: Sobis revela artimanha usada para “ligar” Tigres contra o Inter na semi da Libertadores no Beira-Rio

Ex-atacante colorado relembrou a ocasião que precisou enfrentar o ex-clube pela Libertadores

Com início arrasador de jogo, vencendo por 2×0 com menos de 20 minutos e fazendo a torcida inflamar o Beira-Rio, o Inter dava indícios que amassaria o Tigres e passaria numa boa pela semifinal da Libertadores da América de 2015. Só que, no rival, estava um velho conhecido colorado que, com a camisa vermelha, já havia vencido duas daquelas taças. E queria mais uma: Rafael Sobis.

Ao jornalista Rica Perrone, nesta semana, o atacante lembrou o início “apavorado” do seu então time mexicano e lembrou que precisou usar uma estratégia “extracampo” para ligar os colegas na tomada. Aproveitou uma entrada do lateral-esquerdo Geferson para segurá-lo pelo pescoço e assim “acordar” a sua equipe em meio à confusão.

“Saímos perdendo de 2×0 e teve uma bola que o Geferson veio, tirou, gritou pra torcida. Eu fui nele e peguei pelo pescoço para causar um bolo. Depois até expliquei pro D’Ale. Nisso, o meio time veio todo correndo. Ali a gente acordou pro jogo”, comentou.

O Tigres, que ainda teria um jogador expulso, reduziu a derrota para 2×1 e levou o jogo em aberto para o México, onde venceu por 3×1 e passou para fazer a final contra o River Plate, que viria a ser o campeão. Na volta contra o Inter, Sobis ainda errou uma penalidade máxima.

Relembre outras histórias de Sobis nesta entrevista:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Notícias do Inter em primeira mão:

Veja também:

1 De 6
Comentários
Loading...