fbpx

Missão colorada no Beira-Rio: cinco viradas emblemáticas e recentes para o Inter se inspirar para terça-feira

Time colorado precisa vencer por três gols de diferença no tempo normal para passar pelo Colo-Colo

Não resta outra alternativa: após perder de 2×0 na ida fora de casa, o Inter só avança às quartas da Copa Sul-Americana se vencer o Colo-Colo no tempo normal por três ou mais gols. A outra alternativa é teste para cardíaco para os torcedores, já que uma vitória por dois gols, sem a presença de saldo qualificado, forçará a decisão nas penalidades máximas.

Em um passado recente, o Inter já deu mostras de que sabe o caminho de reverter placares, em missão que terá que ser repetida nesta terça-feira a partir das 21h30 no Beira-Rio. Abaixo, lembramos cinco jogos que o colorado conseguiu reverter o placar desfavorável da ida.

Paraná, em 2008

Sem jogar bem, o Inter foi presa fácil para o Paraná de Giuliano na ida das oitavas de final da Copa do Brasil de 2008. Assim como agora, também perdeu fora por 2×0 e trouxe um grande problema para o Beira-Rio. Mas, embalado por Andrezinho (foto), Magrão, Índio e Fernandão, o então time treinado por Abel Braga virou para 5×1 e passou de fase.

Banfield, em 2010

Também por dois gols de diferença, o Inter não largou bem no mata-mata do bicampeonato da Libertadores em 2010. Levou 3×1 do Banfield, na Argentina, mas, ao contrário de agora, se beneficiou do saldo qualificado para passar em casa, na volta, fazendo 2×0. Os gols no Beira-Rio foram de Alecsandro e Walter.

Juventude, em 2008

Uma das mais emblemáticas goleadas do Inter veio, também, por necessidade. Isso porque, na final do Gauchão de 2008, o time saiu perdendo a ida para o Juventude por 1×0 em Caxias. Mas, em Porto Alegre, sobraram gols para a garantia da taça: 8×1.

Santa Fé, em 2015

Após perder por 1×0 na Colômbia na ida das quartas da Libertadores de 2015, o Inter igualmente necessitou bater o Santa Fé em casa para seguir vivo na campanha. O time de Diego Aguirre deu conta do recado em grande exibição n vitória de 2×0 com gols de Juan e contra:

Palmeiras, em 2019

O então campeão brasileiro parou no Inter na Copa do Brasil de 2019. Mesmo tendo vencido a ida em casa por 1×0, o Palmeiras sentiu a força do Beira-Rio no jogo da volta, perdeu por 1×0 com gol de Patrick e depois caiu nos pênaltis na fase de quartas de final:

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas