Kannemann e Pepê devem voltar ao time do Grêmio em jogo que ganhou clima de decisão

Uma nova derrota na quarta-feira para o Atlético-GO pode gerar mudanças no tricolor

O técnico Renato Portaluppi terá acréscimos importantes para montar o time do Grêmio diante do Atlético-GO, na quarta-feira, às 20h, em Goiânia, em mais uma rodada do Brasileirão. De fora do Gre-Nal por conta de dores musculares, Kannemann deverá ficar à disposição da equipe assim como o meio-campista Pepê, que cumpriu suspensão pela expulsão contra o Fortaleza.

Na zaga, é possível que Kannemann faça parceria de zaga com Gustavo Martins, autor do gol contra no clássico. Isso porque Renato evita escalar Geromel de três em três dias. A outra opção seria Rodrigo Ely, que chegou a entrar como centroavante no segundo tempo diante do Inter.

Veja também:
1 De 6.111

Dentro deste contexto, o Grêmio deve jogar em Goiânia contra o Atlético-GO com uma formação próxima disto: Marchesín; João Pedro, Gustavo Martins, Kannemann, Reinaldo; Dodi, Pepê, Cristaldo; Pavón, Everton Galdino e Gustavo Nunes.

Grêmio precisa reagir

Por mais que o presidente Alberto Guerra defenda a ideia de continuidade e de convicção no futebol, uma nova derrota na quarta-feira – que seria a sétima seguida no Brasileirão – pode gerar mudanças. Por isso, o jogo em Goiânia ganhou contornos decisivos, que, em tese, não teria. Buscando mobilização, o Grêmio já admite estar com o sinal de alerta ligado.

Até pelo que a tabela impõe, já que, na classificação atual, o tricolor é o 19° colocado com 6 pontos, na frente apenas do Fluminense, que demitiu o técnico Fernando Diniz nesta segunda-feira – saiba mais aqui.

LEIA MAIS:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas