Inter se incomoda com jornalista que citou suposto “migué” no caso de Yuri Alberto: “É desrespeitoso dizer isso”

André Silva, da Rádio Gaúcha, relatou a situação em sua conta oficial no Twitter neste domingo

Ao informar momentos antes do jogo contra o São Paulo neste domingo que Yuri Alberto estaria fora por desconforto no tornozelo esquerdo, o Inter foi apontado pelo repórter André Silva, da Rádio Gaúcha, de estar dando um “migué” para apenas preservar o artilheiro visando o Gre-Nal do Beira-Rio no sábado – Yuri era um dos atletas pendurados e ficaria de fora se tomasse mais um cartão.

“Inter dá um grande migué e tira Yuri Alberto do jogo. Mas é a imprensa que inventa essas coisas que vão poupar, preservar, etc”, escreveu André inicialmente.

Em seguida ao tuíte, a assessoria do Inter lamentou esta postura e entrou em contato com o próprio jornalista, que fez o relato em nova publicação:

“Por justiça. Assessoria do Inter me procura e diz o seguinte: “Não procede o que tu tuitou”. “Yuri aqueceu e tudo”. “É desrespeitoso dizer que o clube está dando migué”. Sem problemas em colocar o que o clube diz. Acho do jogo”.

O que disse Aguirre sobre Yuri Alberto

Na primeira pergunta de sua coletiva após a derrota de 1×0, o técnico colorado Diego Aguirre foi perguntado sobre Yuri Alberto e garantiu que também se surpreendeu ao ser informado pelo médico que não poderia escalar o jogador:

“O Yuri estava escalado, vocês viram. Eu fiquei surpreendido que o Yuri ficou fora. Faltando 5 minutos o médico me chamou dizendo que ele estava fora. Tive que botar o Juan Cuesta. Eu não posso garantir que o Yuri vai jogar o Gre-Nal. Ele é dúvida, Moisés também. Não posso assegurar algo que temos que ver nos próximos dias”, adiantou o uruguaio.

Caso o Corinthians empate ou vença a Chapecoense em casa nesta segunda-feira, o Inter perderá uma posição caindo para o 7° lugar com 41 pontos.

Receba as notícias do Inter em primeira mão: