Heitor faz comparação entre Ramírez e Aguirre e vê duelo contra o Olimpia como o mais importante da carreira

Lateral-direito colorado será titular nesta quinta-feira com a ausência de Renzo Saravia

Titular do Inter neste momento em razão da lesão muscular de Renzo Saravia, Heitor concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira e pontuou algumas diferenças entre pedidos feitos pelo atual técnico Diego Aguirre com o que Miguel Ángel Ramírez solicitava aos laterais.

“O Miguel (Ángel Ramírez) pedia para o lateral jogar mais por dentro. O Aguirre pede para jogarmos mais abertos. Estamos tratando o que ele pede e com ele jogamos mais abertos”, contou o jogador.

Na quinta, a partir das 21h30, no Beira-Rio, o Inter precisará vencer por qualquer placar para ir às quartas de final da Libertadores, já que a ida das oitavas contra o Olimpia, no Paraguai, foi 0x0 e há saldo qualificado no regulamento.

“Não só o maior da temporada, mas o principal da minha carreira. Comentei com meus amigos. Se parar para pensar, é jogo de Libertadores. É difícil quando você sobe ao profissional e isso ocorrer. A oportunidade está aí e fico muito feliz. Espero ficar ainda mais com a classificação”, disse Heitor, antes de terminar:

“Não tomando gol, estamos mais perto da vitória. Temos 90 minutos para decidir. Não podemos nos jogar porque, se tomarmos, teremos que fazer dois. Precisamos ter o cuidado defensivo e, quando tiver a oportunidade à frente, matar o jogo”.

Confira a entrevista de Heitor:

  • Clique aqui para entrar no grupo 17 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 18 para acompanhar as notícias do Inter.