Grêmio encaminha vendas de Matheus Henrique e Ruan ao mesmo clube italiano e lucrará cerca de R$ 80 milhões

Direção gremista, na Itália, avançou nesta sexta-feira na conclusão das duas negociações

Na Itália desde o início da semana para lidar com negócios do Grêmio, o CEO e gerente-geral tricolor Carlos Amodeo avançou nesta sexta-feira nas vendas de Matheus Henrique e Ruan ao Sassuolo, da Itália. As duas negociações, somadas, gerarão um total de cerca de R$ 80 milhões aos cofres gremistas.

Matheus Henrique, neste momento, está em Tóquio com a Seleção Olímpica e deverá se apresentar ao novo clube assim que terminar a participação brasileira. Ele não deverá mais, portanto, jogar com a camisa do Grêmio, iniciando a nova temporada da Europa no Sassuolo.

Já Ruan, que tinha contrato por encerrar com o Grêmio em dezembro de 2022, permanece no clube até o final do ano e embarca para o exterior na janela de janeiro.

Os valores segundo o Globoesporte.com:

Matheus Henrique: total de 10 milhões de euros, cerca de R$ 61 milhões, sendo 90% para o Grêmio e 10% para o São Caetano.

Ruan: Grêmio receberá 60% dos 5 milhões de euros, cerca de R$ 19 milhões, e o restante será dividido entre investidores.

Matheus Henrique deixa o Grêmio após disputar 139 jogos, com 11 gols marcados, sendo titular absoluto da equipe desde a Libertadores de 2019. Antes das Olimpíadas, vivia um momento de baixa com críticas da torcida e até discussões em campo. Já Ruan é cria das categorias de base e se afirmou ao longo desta temporada, sendo titular nas ausências de Kannemann e Geromel.

  • Clique aqui para entrar no grupo 15 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 28 para acompanhar as notícias do Grêmio.