Geromel “se escala” contra o Botafogo e explica as principais dificuldades do Grêmio

Zagueiro deverá voltar a jogar depois de um longo período fora

Mesmo sem jogar diante do Flamengo nesta quinta-feira, na derrota de 2×1 no Maracanã pelo Brasileirão, o zagueiro Pedro Geromel conversou com a imprensa após o jogo e disse estar recuperado da lesão no braço. Ele não atua desde a vitória sobre o Estudiantes fora de casa, pela Libertadores, quando sofreu o problema e precisou passar por cirurgia nos dias seguintes.

Ele mesmo disse estar à disposição para jogar no domingo, 18h30, diante do Botafogo, também pelo Brasileirão, em duelo que o técnico Renato Portaluppi não vai poder contar com Kannemann, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Veja também:
1 De 6.111

“Já estou à disposição. Estou me sentindo muito bem. Fiz a cirurgia, mas me recuperei bem e já passou o tempo que eles pediram, que era de seis semanas. Então, estou à disposição”, projetou Geromel, que ainda não acertou a sua renovação contratual até dezembro.

Geromel admite dificuldades

Ainda sem poder contar com a Arena, que tem previsão de retorno em agosto, o Grêmo segue viajando pelo Brasil para realizar os jogos, morando praticamente em hotel. Esta foi uma das dificuldades citadas por Geromel na continuidade da entrevista:

“Tem sido muito difícil, acho que daqui a dois dias fará um mês que estamos juntos fora de casa. Ainda ficaremos mais umas duas semanas assim. Vi meus filhos uma vez, é complicado. Se formos ver os próximos 15 dias, estaremos em cinco ou seis estados diferentes. Estamos vivendo em hotel, é estranho, mas a nossa convivência é muito boa, o nosso grupo é bom e temos que tentar buscar o máximo de pontos”, finalizou.

LEIA MAIS:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas