Ex-volante do Grêmio lembra como levantou a torcida no primeiro Gre-Nal: “Joguei o D’Alessandro pro alto”

Volante Michel fez parte da campanha do título da Libertadores de 2017

Na mesma entrevista ao Charla Podcast que admitiu a depressão por tantas lesões, o volante Michel, que busca clube para seguir a carreira, relembrou bons momentos que teve ao chegar no Grêmio em 2017. Ele lembrou do seu primeiro Gre-Nal como titular na Arena e de como foi a “chegadinha” que deu em D’Alessandro para levantar a torcida logo no princípio:

“Meu primeiro Gre-Nal foi o meu primeiro jogo como titular do Grêmio. Na Arena. Eu estava chegando no clube, vinha bem no Gauchão, sempre entrando nos jogos. E o Maicon começou a sentir. No dia do jogo, teve a palestra e na ida pro estádio o Renato falou comigo que eu jogaria, pois o Maicon estava com dor. Peguei o telefone e liguei para a minha esposa para dizer que eu seria titular. Conversando com meu empresário e meu assessor da época, eles me disseram que se eu desse um carrinho em Gre-Nal eu levantaria a torcida”, contou Michel.

Veja também:
1 De 6.125

Michel lembra que até o técnico Renato Portaluppi pediu calma depois desta falta para que evitasse um cartão vermelho:

“E na hora que eu entrei em campo eu lembrei disso. Eu tinha que fazer algo diferente. Começou o jogo. Primeira bola que o D’Alessandro pega eu acerto. Pego ele, pego bola, jogo os dois para cima. Amarelo. E a torcida vibrando. Aí eu falei: ‘Agora sim, agora eu tô bem, cheguei (risos)’. Aí ele já ficou naquela vozinha dele: ‘Qual é que é?’. O Renato me chamou para ter calma para eu não ser expulso. Esse jogo ficou marcado para mim”, ampliou.

A lembrança do ex-volante do Grêmio:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas