Pedro Ernesto vê “problemas misteriosos” no Grêmio e questiona: “Alguns estão na noite?”

Narrador vê tricolor em momento delicado na temporada após série de derrotas

Publicidade

Em coluna cujo título é “Os problemas misteriosos do Grêmio”, o narrador Pedro Ernesto Denardin, em seu espaço no site GZH, tentou entender o que tem acontecido com o tricolor, que vem de duas derrotas consecutivas – 2×0 para o Huachipato na Arena pela fase de grupos da Libertadores e 2×1 para o Vasco da Gama, neste domingo, na estreia do Brasileirão, em São Januário.

Entre os motivos ventilados, Pedro Ernesto abordou em relação ao comportamento dos jogadores, questionando se alguns deles possam estar “na noite” e com isso atrapalhando o desempenho nos treinamentos e nos jogos:

Veja também:
1 De 5.925

“Renato denunciou na sua entrevista coletiva que tem jogadores do Grêmio sem a melhor condição física. E ameaçou a todos, no vestiário, que se continuar assim, a concentração começará a ser feita dois dias antes das partidas. Detalhes não foram trazidos, mas eu pergunto: há atletas que não trabalham tanto quanto deveriam? Ou alguns estão na noite? O que pode ser?”, questionou o jornalista do Grupo RBS, antes de acrescentar críticas ao vice de futebol Antônio Brum:

“O fato é que o comprometimento de alguns não tem sido aconselhável. Em meio a isso, o vice presidente Antônio Brum foi decepcionante no seu depoimento. Ele não quis dar entrevistas, ser questionado pelas pobrezas técnicas do time”.

Renato quer jogadores do Grêmio se cuidando mais

Como mostramos nesta reportagem aqui, o técnico Renato Portaluppi deixou um puxão de orelhas no seu grupo e ameaçou antecipar a concentração a cada jogo:

“A gente mostra o melhor caminho, a gente aconselha. E vai na consciência de cada um. Eu não posso terminar um jogo, ter um outro jogo três dias depois e concentrar todo mundo. O cara tem que ser responsável lá fora. Eu já conversei com o meu grupo, inclusive hoje depois da partida. Eles precisam se cuidar mais. Ou se cuidam ou dois dias antes de cada jogo vai ter concentração. É o que eu posso fazer”, declarou Renato, para em seguida completar:

“Não posso botar um segurança atrás de cada jogador. Ou ele é responsável ou vai ficando para trás. Eles estão avisados e já sabem que precisam pisar no freio. Ganhamos um campeonato importante, que foi o hepta estadual, mas no futebol você precisa virar página e esquecer o título. Vamos continuar sendo cobrados da mesma forma que vínhamos sendo no começo do ano”.

Sem pontos ganhos na largada do Brasileirão, o Grêmio volta a jogar nesta quarta-feira, 19h, em casa, diante do Athletico, pela segunda rodada.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas