Edenilson lida com vaias e aplausos, faz gol, beija o símbolo do Inter e desabafa após vitória: “Não é fácil”

Volante colorado entrou no segundo tempo e marcou o quarto gol do Inter em cima do Juventude

Apontado como pivô da eliminação do Inter diante do Melgar, nas quartas da Copa Sul-Americana, o volante Edenilson viveu um misto de emoções nesta segunda-feira, no Beira-Rio. Ao entrar no segundo tempo, ele foi alvo de um misto de vaias e aplausos da torcida, mas fechou a noite ensaiando as pazes com os colorados ao fazer, de pênalti, o quarto gol da vitória de 4×0 em cima do Juventude, pelo Brasileirão.

Na comemoração, ele fez questão de beijar o escudo do Inter na camisa e foi abraçado por praticamente todos os companheiros:

“Não é fácil, eu segui trabalhando e é ainda mais difícil por ser um remanescente. Mas, fico feliz pelo gol e pela vitória. A equipe fez um grande jogo hoje. Foi um período difícil pra todo mundo. A gente sabe do peso para quem está há mais tempo. O torcedor luta com a gente há anos por títulos, mas nosso time soube crescer depois da eliminação”, disse Edenilson ao SporTV na saída de campo.

Ele também falou da próxima partida, que promete ser emocionante: Corinthians x Inter, domingo, 16h, em São Paulo:

“Jogo grande, jogo bom. Teremos uma semana para trabalhar. Mostramos poder de resiliência, de recuperação e temos que seguir melhorando. Um passinho de cada vez para subir na tabela”, finalizou Edenilson.

Veja mais notícias do Inter:

Veja também:
1 De 6.126

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas