Notícias do Inter e notícias do Grêmio | Zona Mista

Edenilson critica atitude de Rafael Ramos ao contratar perícia para analisar a própria fala: “Não me surpreende”

Jogador do Inter voltou a se manifestar sobre o delicado caso em entrevista neste sábado

Mais uma vez capitão do time do Inter no empate em 1×1 com o Cuiabá fora de casa, neste sábado, pelo Brasileirão, o volante Edenilson criticou a atitude do lateral-direito Rafael Ramos de contratar uma perícia para fazer a sua leitura labial. No final de semana passada, o jogador colorado acusou o português de racismo ao supostamente tê-lo chamado de “macaco”.

“Acho que o fato dele buscar uma perícia já torna contraditório o fato de ele ter falado ou não. Eu não faria isso para defender algo que falei ou não. Não me surpreende”, disse Edenilson depois do jogo em entrevista concedida à Rádio Guaíba.

A perícia contratada pelo escritório de advocacia que representa Ramos emitiu laudo afirmando que o jogador não disse palavras racistas. Foram analisadas imagens da transmissão de Inter 2×2 Corinthians pelo Premiere e a conclusão dos peritos é que, em nenhum momento, há a junção dos lábios do jogador do time paulista para formar a letra “m”.

“A palavra ‘macaco’ não consta na fala questionada, ficando comprovado que em nenhum momento houve a junção labial no início da pronúncia, com a formação da sílaba ‘ma’, conforme imagens abaixo demonstradas ‘frame a frame’ contendo informações de tempo, conforme o vídeo recebido para perícia”, diz trecho do laudo emitido.

Segundo informações dadas pelo portal UOL Esporte, os peritos Anderson Marcondes Santana Júnior, Daniela Cristina Silva Lima Ramos Guidugli e Giovana Giroto concluíram que a polêmica fala de Ramos foi “Pô, caralh…”.

Transcrição do vídeo

00:00:03.243 a 00:00:03.623 – Rafael Ramos: “Eiii…”
00:00:07.263 a 00:00:08.503 – Rafael Ramos: “Cê tá loco?!”
00:00:07.463 a 00:00:07.503 – Edenílson: “maluco!”
00:00:09.503 a 00:00:10.623 – Rafael Ramos: “Pô, caralh…!”

A Polícia Civil do RS ainda aguarda laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP), que foi chamado para fazer análise de leitura labial. A partir disso, o inquérito deverá ser concluído.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS SOBRE O INTER:

Estamos no Telegram e WhatsApp (Link)

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Inter
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 24 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 22 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 21 para acompanhar as notícias do Inter.

Publicidade