Diego Costa dá atenção para os jovens da base do Grêmio e tem bela atitude em treinamento

Centroavante poderá ser relacionado para fazer a sua estreia no próximo Gre-Nal

Publicidade

Mesmo com poucos dias de Grêmio até agora, já que foi contratado recentemente, o centroavante Diego Costa já demonstra estar enturmado com os novos companheiros. Foi o caso da atividade desta quarta-feira no CT Luiz Carvalho, quando ele demonstrou humildade e fez questão de apertar a mão um a um dos jovens da base que estavam no gramado.

Após cumprimentar os garotos, Diego Costa foi em direção aos jogadores do elenco profissional como Galdino e Kannemann e ficou na “resenha”. O flagra foi feito pelo repórter identificado com o Grêmio, Marcelo Caju:

Parado desde o último Brasileirão, quando ainda defendia o Botafogo, Diego Costa chegou ao Grêmio com a missão de substituir o uruguaio Luis Suárez – eles, inclusive, foram colegas na época de Atlético de Madrid em 2020. O brasileiro naturalizado espanhol tem no currículo duas Copas do Mundo com a Espanha em 2014 e 2018.

Renato
Renato foi decisivo para a chegada de Diego Costa – Foto: Roberto Vinicius/AGAFOTO/Zona Mista

Centroavante nega ser ruim de grupo

Logo em sua apresentação no Grêmio, em coletiva, Diego foi perguntado sobre como é no vestiário e descartou a fama de “desagregador” ou “ruim de grupo”:

“Eu sempre fui um jogador de grupo, sempre me dei com todo mundo. Joguei em grandes clubes da Europa, com jogadores de diferentes personalidades e nunca tive problema. Esse assunto começou no meu primeiro time no Brasil, onde eu tive divergências com uma pessoa específica. Gostam de inventar coisas”, citou, em referência ao Atlético-MG, por onde passou brevemente em 2021.

O pedido de Diego Costa para Renato

Antes de acertar oficialmente com o Grêmio, Diego teve uma conversa decisiva com o técnico Renato Portaluppi e pediu ao treinador alguns dias para poder se preparar fisicamente:

“Quem vai nos dar a resposta é o jogador. Ele estava um tempo parado, conversei com ele ainda na Espanha, se mostrou muito a fim de vir. É acima da média, vai acrescentar bastante qualidade. A única coisa que pediu era uns 15 dias, uma mini pré-temporada”, disse Renato.

“Não adianta querer colocar antes do tempo, não estando preparado pode ter uma lesão. Converso quase diariamente. É ele que vai nos dar a resposta. Se tiver bem na parte física, só ele vai nos dizer. Mais para o fim de semana vemos as condições dele para usá-lo ou não”, acrescentou o treinador na coletiva de sábado, na Arena, depois de Grêmio 6×2 Santa Cruz pelo Gauchão.

Contando com uma possível estreia de Diego Costa, o Grêmio segue trabalhando nesta semana visando o primeiro Gre-Nal de 2024, domingo, às 18h, no Beira-Rio, ainda pela fase classificatória do Gauchão.

LEIA MAIS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul