Coudet fala em “sensação positiva” após empate e vê Inter na briga: “Mais vivo que nunca”

Saiba os principais detalhes da coletiva de Eduardo Coudet após Fluminense 2x2 Inter

Publicidade

O técnico Eduardo Coudet saiu com uma “sensação positiva” nesta quarta-feira do Maracanã, que recebeu o empate em 2×2 entre Fluminense e Inter pela ida da semifinal da Libertadores – a volta ocorre na quarta que vem, 21h30, no Beira-Rio. Em coletiva, o treinador argentino avaliou que o seu time está “mais vivo que nunca” e ainda fez elogios ao goleiro rival Fábio:

Sensação positiva

Veja também:
1 De 6.006

Saímos com o 1 a 1 no primeiro tempo e acho que poderíamos ter saído em vantagem. Eles ficaram com 10. A ideia era buscar o resultado com um homem a mais. Criamos o gol do Mercado (anulado) e depois do Alan (Patrick). Obviamente tomar um gol de bola parada no final não me agrada. Termina o jogo com uma sensação feia. Estou saindo daqui sabendo que estamos a uma vitória na nossa casa. É uma realidade boa, positiva. Fico com essa sensação positiva

Inter “mais vivo do que nunca”

Poderíamos ter marcado mais gols, mas sinto que o time foi a campo com uma boa estratégia e incomodamos o rival. Vamos a nossa casa e se ganharmos, passamos. Libertadores é assim, jogos de detalhes, não pode errar. Assim que vamos tentar fazer um grande jogo em casa, contra um grande rival e treinador. Estamos mais vivos que nunca

Elogios ao goleiro Fábio

A sensação de sair com o 2 a 2 não mostra tudo de bom que fizemos. Destacar também o goleiro deles. Esteve em uma grande noite e ajudou muito o time. Quando o goleiro rival trabalha é porque estamos no caminho certo

Fator Beira-Rio

Vamos enfrentar um rival muito forte e com um grande treinador. Tem uma maneira diferente de jogar e que é difícil, mas sabemos que o fator local é muito importante. Confiamos em nós. Nos sentimos mais confortáveis em casa com nossa torcida

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas