Renê se manifesta após erros cometidos nos gols feitos pelo Fluminense: “Saio triste”

Lateral-esquerdo do Inter esteve envolvido nos dois gols feitos pelo time carioca

Após o empate em 2×2 entre Fluminense e Inter pela ida da semifinal da Libertadores, no Maracanã, o lateral-esquerdo Renê fez questão de se manifestar e reconhecer que errou nos dois gols do time carioca. Ele admitiu sair “triste” deste primeiro jogo, mas prometeu “fazer diferente” nos próximos confrontos:

“Saio triste. Sempre que minha equipe toma gol, independente de eu estar envolvido no lance, isso me deixa triste. Faço parte da defesa. Até o momento da vitória, seria alegria por ter ajudado nos gols. Mas acontece, faz parte da profissão. Agora é esfriar a cabeça, esquecer os erros e focar no próximo jogo, porque nesse sim posso fazer diferente e ajudar a minha equipe”, contou Renê, que, por outro lado, deu assistência para o gol de Hugo Mallo e iniciou a jogada do gol de Alan Patrick.

Veja também:
1 De 6.090

“Vai ser difícil dormir hoje. Mas a minha confiança continua intacta, não só em mim como nos meus companheiros também. Espero que na nossa casa a gente seja feliz e que esse primeiro jogo seja esquecido”, ampliou o canhoto.

No primeiro lance, logo cedo, Renê teve a bola roubada por Arias na origem do gol de Germán Cano. Depois, no segundo tempo, já com o Inter vencendo por 2×1, ele perdeu outra bola que virou o escanteio do segundo gol de Cano.

Além de Renê, Enner Valencia também falou

Na saída de campo, ainda no gramado do Maracanã, o centroavante equatoriano Enner Valencia conversou com a reportagem da TV Globo e admitiu o “sabor amargo” do empate diante dos cariocas:

“Sim (teve gosto amargo). Se revermos agora, o empate fica curto para nós pela partida que fizemos e por estar com um homem a mais. Não conseguimos fechar a partida. Mas agora jogaremos em casa, com nossa torcida e teremos que estar fortes”, declarou Valencia.

Com expectativa de casa cheia no Beira-Rio, Inter e Fluminense voltam a jogar na quarta-feira que vem, 21h30, com transmissão da TV Globo e da Paramount+. Não há saldo qualificado e quem vencer se garante na final do dia 4 de novembro, também no Maracanã.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas