Coudet admite “jogo feio”, promete grupo forte e diz quais posições precisam de reforços

Confira os principais detalhes da coletiva de Eduardo Coudet depois de São Luiz 0x0 Inter

Publicidade

Após o 0x0 diante do São Luiz, em Ijuí, na noite desta quarta-feira, o técnico do Inter, Eduardo Coudet, admitiu que se tratou de um “jogo feio”. Ele, em coletiva de imprensa, citou outros elementos que em sua visão “prejudicaram o espetáculo” e detectou uma melhora na equipe na reta final, principalmente a partir da entrada do atacante Wanderson.

“Um jogo feio. Um campo ruim, uma bola leve. Tudo prejudica o espetáculo. A bola parada emparelha tudo. Temos que ter cuidado com isto. Nos últimos 20 minutos melhoras com jogadores descansados. Sempre queremos ganhar, mas não foi possível”, comentou.

Em outra resposta da coletiva, Coudet falou sobre a montagem do grupo e mostrou muito otimismo pelo que vem pela frente no ano. Em termos de reforços, ele diz que ainda espera um lateral-esquerdo e um volante:

“Vamos ser um grupo muito forte. O grupo está muito bem, muito comprometido. Vamos fazer um grande ano. Temos que trabalhar muito. Sinto que este ano será melhor que o ano passado. Precisamos de um lateral-esquerdo, de um volante. Enquanto isso temos que improvisar”, acrescentou.

Inter de Coudet em campo no sábado

Com quatro pontos em dois jogos no Gauchão, o Inter volta a atuar em casa na próxima rodada e enfrenta o Ypiranga, sábado, às 16h30, apenas com a presença de mulheres, crianças, idosos e pessoas com deficiência – a restrição se dá pela punição ao Beira-Rio pela briga contra o Caxias em 2023.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)