Coudet admite “jogo feio”, promete grupo forte e diz quais posições precisam de reforços

Confira os principais detalhes da coletiva de Eduardo Coudet depois de São Luiz 0x0 Inter

Publicidade

Após o 0x0 diante do São Luiz, em Ijuí, na noite desta quarta-feira, o técnico do Inter, Eduardo Coudet, admitiu que se tratou de um “jogo feio”. Ele, em coletiva de imprensa, citou outros elementos que em sua visão “prejudicaram o espetáculo” e detectou uma melhora na equipe na reta final, principalmente a partir da entrada do atacante Wanderson.

“Um jogo feio. Um campo ruim, uma bola leve. Tudo prejudica o espetáculo. A bola parada emparelha tudo. Temos que ter cuidado com isto. Nos últimos 20 minutos melhoras com jogadores descansados. Sempre queremos ganhar, mas não foi possível”, comentou.

Veja também:
1 De 6.017

Em outra resposta da coletiva, Coudet falou sobre a montagem do grupo e mostrou muito otimismo pelo que vem pela frente no ano. Em termos de reforços, ele diz que ainda espera um lateral-esquerdo e um volante:

“Vamos ser um grupo muito forte. O grupo está muito bem, muito comprometido. Vamos fazer um grande ano. Temos que trabalhar muito. Sinto que este ano será melhor que o ano passado. Precisamos de um lateral-esquerdo, de um volante. Enquanto isso temos que improvisar”, acrescentou.

Inter de Coudet em campo no sábado

Com quatro pontos em dois jogos no Gauchão, o Inter volta a atuar em casa na próxima rodada e enfrenta o Ypiranga, sábado, às 16h30, apenas com a presença de mulheres, crianças, idosos e pessoas com deficiência – a restrição se dá pela punição ao Beira-Rio pela briga contra o Caxias em 2023.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas