Coudet admite incômodo após derrota do Inter em Bagé: “Quem começa não pode entrar relaxado”

Confira os principais pontos abordados por Eduardo Coudet na coletiva desta quarta

Publicidade

Visivelmente incomodado pela derrota de 2×1 para o Guarany, o técnico Eduardo Coudet concedeu coletiva logo depois da partida em Bagé e alertou os seus jogadores para que não entrem mais “relaxados” nas partidas. Nesta quarta, o colorado levou 2×0 logo cedo e depois não conseguiu sequer empatar o confronto, mesmo com as tentativas do segundo tempo.

Em coletiva, Coudet lembrou que todos os jogadores estão sendo constantemente avaliados e ainda citou que o mercado segue aberto para a possibilidade tanto de chegadas como de saídas. A próxima partida do Inter é neste sábado, 16h30, diante do Caxias, em casa, ainda pela fase inicial do Gauchão.

Veja também:
1 De 5.985

Entrar relaxado

O que aconteceu é que começamos com um time, tentando dar minutagem e oportunidade para todos do grupo. O que vai acontecendo é a ideia de jogo ir mudando, vou dar oportunidade para todos para depois avaliar. Ninguém é titular comigo, precisam mostrar partida a partida, a camisa é pesada. Quem começa não pode entrar relaxado

Análise individual dos jogadores

Não vou falar de nomes em particular, mas sigo analisando individualmente, não vou falar nenhum nome para a imprensa. Estamos ainda no processo de formação de grupo, para mim nenhum é titular e a cada jogo terão avaliações. O mercado segue aberto

Oportunidades para todos

O grupo não é 11 jogadores. Se estão tendo oportunidades, agora é tempo de dar oportunidade e minutagem, depois avaliações individuais são feitas internamente. A camisa obriga a ganhar. Assumimos a responsabilidades de ter perdido. Não vou colocar a culpa da derrota no gramado

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas