Wesley sai na bronca por derrota do Inter no final do segundo tempo: “Pênalti arranjado”

Atacante havia empatado após assistência do jovem Gabriel Carvalho

A decisão do árbitro Bruno Arleu de Araújo em dar pênalti para o Vitória já nos acréscimos do segundo tempo neste domingo, no Barradão, irritou bastante o autor do gol do Inter na derrota de 2×1 pelo Brasileirão. Depois do confronto, o atacante lamentou o resultado, disse que o empate teria ficado de bom tamanho e avaliou que a penalidade máxima foi “arranjada”:

“A gente sai com esse gosto de derrota. Poderíamos comemorar o empate. Começamos um pouco abaixo, mas entramos no jogo no final do primeiro tempo. Voltamos para a segunda etapa melhor. Conseguimos empatar, continuamos em cima e acredito que esse pênalti arranjado no final aí… mas é isso, cabeça erguida, temos jogos importantes pela frente no campeonato”, lamentou o jogador.

Veja também:
1 De 6.126

Já o técnico Eduardo Coudet, que não tem o costume de falar de arbitragem, concordou com Wesley sobre o fraco desempenho do time na etapa inicial.

“Um primeiro tempo muito ruim, o pior. O segundo tempo muito melhor. No final, não pude olhar a jogada. Então não sei. Teríamos dificuldades sem poder repetir com alguns jogadores. Outros no departamento médico. Comecei com jogadores que faltam ritmo, sem 100% das condições, mas temos necessidades. Não é só uma decisão esportiva, mas uma necessidade e ouvir o departamento médico”, pontuou.

O que o Inter tem pela frente?

Em 10° lugar na tabela de classificação do Brasileirão com 11 pontos, o Inter “recebe” o Corinthians na quarta-feira, 21h30, no Orlando Scarpelli, em Santa Catarina. Depois, no sábado, às 17h30, encara o Gre-Nal no Couto Pereira, em Curitiba-PR.

LEIA MAIS:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas