Súmula do Gre-Nal feita por Daronco “entrega” dirigente do Grêmio: “Parabéns, tu vai ver que não foi”

Anderson Daronco foi alvo de muitas críticas por parte da direção do Grêmio

Publicidade

Como de costume a cada pós-jogo, a Federação Gaúcha de Futebol já publicou em seu site a súmula oficial do Gre-Nal 441, que teve arbitragem de Anderson Daronco e vitória do Inter no Beira-Rio pelo placar de 3×2 pelo Gauchão. No documento, o árbitro relatou duas atitudes inesperadas de dirigentes de ambos os times: Magrão, do Inter, no intervalo e Antônio Brum, do Grêmio, no final:

“Informo que, no intervalo da partida, o diretor do Inter, Magrão, esperou a equipe de arbitragem no acesso aos vestiários e disse o seguinte: ‘Vai dar problema, eles estão batendo muito, se tu não segurar o jogo vai descambar, eles estão batendo toda hora'”, publicou Daronco.

“Informo que, no término da partida, o vice de futebol do Grêmio, Antônio Brum, invadiu o campo e disse o seguinte: ‘Parabéns Daronco, tu vai ver que não foi pênalti e que foi fora da área, o presidente deles conseguiu o que queria, pensei que tu fosse mais experiente'”, acrescentou o árbitro.

Súmula do Gre-Nal feita por Daronco "entrega" dirigente do Grêmio: "Parabéns, tu vai ver que não foi"

Presidente do Grêmio se disse “decepcionado” com Daronco

Logo depois da coletiva do técnico Renato Portaluppi, o presidente gremista Alberto Guerra conversou com a imprensa e se disse “decepcionado” com Daronco, falando até em “Gre-Nal manchado”. O mandatário tricolor ainda avaliou que a direção colorada condicionou a arbitragem durante a semana:

“Não vamos tirar os méritos do Inter, mas não ter tido VAR e como foi a arbitragem o clássico sai manchado por isso. Jogamos de igual para igual, mesmo com dificuldades de montar a equipe com desfalques. Bastante decepcionado com a arbitragem que foi abaixo no clássico. É lamentável sair manchado com erros graves”, opinou Guerra, antes de ampliar:

Súmula do Gre-Nal feita por Daronco "entrega" dirigente do Grêmio: "Parabéns, tu vai ver que não foi"
Coudet levou a melhor contra Renato – Foto: Roberto Vinicius/AGAFOTO/Zona Mista

“É até um elogio, mas o Barcellos conseguiu trabalhar bem na semana e condicionar bem a arbitragem, trazendo estatística, chamando de gremista. Acho o Daronco um dos grandes árbitros, mas acho que ele foi muito mal hoje, com inversão de faltas, cartões não dados e os lances capitais também. Grande parte do resultado é na conta dele”, afirmou Guerra em coletiva.

Para Renato, resultado do Gre-Nal seria diferente com VAR

O Grêmio já anunciou através dos seus canais oficiais de comunicação que fará, nos próximos dias, uma reclamação formal à FGF contra a arbitragem de Daronco. Para Renato, o resultado do jogo teria sido diferente com a presença do VAR. O clube reclama de falta em João Pedro antes do gol de Mauricio, pênalti de Aránguiz em André Henrique e falta fora da área de Kannemann em Alan Patrick no pênalti decisivo.

“No fim do jogo, teve pênalti legítimo no André. Ninguém vai me tirar da cabeça. No último lance do Grêmio no ataque, foi pênalti no André. O jogador do Inter agarra o braço dele e cai com ele. Com VAR, seria pênalti. Na sequência, vem o pênalti do Kannemann. Vi várias vezes. Eu falei para o Daronco: ‘Falta foi, mas foi fora da área’. O Kannemann derruba ele e ele cai dentro da área”, comentou Renato, para depois finalizar:

“Estamos no século 21 e colocaram o VAR justamente para ajudar. O Daronco é um dos melhores do Brasil, mas sem o VAR fica difícil. Com o VAR, o resultado seria diferente. Esses detalhes fizeram a diferença do jogo”.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas