“Se eu fico…”: Suárez diz o que poderia acontecer caso aceitasse seguir no Grêmio em 2024

Centroavante uruguaio Luis Suárez decidiu se despedir do Grêmio no final de 2023

Publicidade

Em uma longa entrevista concedida ao jornalista Duda Garbi – reveja aqui outros trechos importantes -, o atacante Luis Suárez deu explicações sobre a decisão de não continuar no Grêmio na temporada de 2024, mantendo a ideia de viver novos ares a partir de janeiro. O uruguaio, porém, segue evitando dar mais detalhes de qual deverá ser o seu próximo clube.

Segundo Suárez, o receio de piorar a sua forma física pesou na decisão de deixar Porto Alegre. Em suas palavras, “ninguém sabe o que acontece no futebol”:

“A imagem que o torcedor do Grêmio tem que ter é que Suárez fez todo o possível para o time voltar à Libertadores. E que fui profissional e tratei de fazer o melhor. Se eu fico, ninguém sabe o que acontece no futebol. Capaz de eu me machucar, piorar, não estar na mesma forma. Eu prefiro, como pessoa, que lembrem de mim pelo que eu fiz em 2023 do que o que eu faria no próximo ano”, comentou Suárez, antes de despistar sobre o futuro:

“Eu não sei onde vou jogar. Fez agora 11 meses que eu comecei a treinar no Grêmio. Imagina a vontade que estou de ter férias, desaparecer do mundo… porque foi um ano muito duro para mim, meus filhos, que tiveram férias na escola e ficaram aqui comigo em Porto Alegre. E eu devo eles isso. Umas férias desfrutando. E depois eu não sei o que vou fazer”.

https://www.youtube.com/watch?v=rWvvxcD4T3c

Suárez em campo na quarta-feira

Já com 15 gols no Brasileirão, sendo o último deles marcado contra o Vasco da Gama em casa no domingo, Suárez ainda tem mais uma partida pela frente antes de se despedir em definitivo. Na quarta, às 21h30, ele atuará fora de casa diante do Fluminense na rodada final do campeonato.

Leia mais notícias:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)