Renato usa exemplo de Gabigol para confiar na retomada da boa fase de Suárez: “Preocupa o rival”

Técnico Renato Portaluppi está convicto de que Luis Suárez seguirá ajudando o Grêmio

Publicidade

O momento de jejum de gols de Suárez, que não marca há 8 jogos, não causa preocupação para o técnico gremista Renato Portaluppi. Na noite da última quarta-feira, após a derrota de 1×0 no Maracanã para o Flamengo no jogo decisivo da semifinal da Copa do Brasil, o treinador deu coletiva e voltou a defender o seu principal atacante em frente aos jornalistas.

Renato inclusive citou o exemplo do atacante rival, Gabigol, que já ficou em jejum de gols por alguns jogos e depois deu a volta por cima – ele abriu o placar contra o próprio Grêmio na vitória de 2×0 na ida, na Arena.

“O Luis é o 4° maior artilheiro do mundo. Vai falar o que dele? Os maiores jogadores erram gols também. Ele tem feito gols, não nos últimos jogos, mas sempre nos ajudou bastante. Ele preocupa o adversário. A gente está feliz com ele e daqui a pouco volta a fazer gols. O Gabigol até pouco tempo atrás ficou 10 jogos sem fazer. Acontece. Hoje o Suárez teve chance, mas quando ela não quer entrar não tem jeito. Mas estou bastante satisfeito com meu grupo”, afirmou Renato.

Suárez, porém, terá que esperar um pouco mais para tentar fazer as pazes com as redes. Suspenso assim como o volante Villasanti, ele não vai poder jogar neste domingo, 16h, diante do Santos, fora de casa, na abertura do returno do Brasileirão.

Mais falas de Renato na última coletiva:

Embate de “igual para igual”

“Meu time foi tão grande quanto o Flamengo no Maracanã com quase 70 mil pessoas, em jogo que o Flamengo tinha vantagem de dois gols. Não é qualquer um que enfrenta o Flamengo de igual pra igual. O Flamengo fez a melhor partida do ano contra o Grêmio, na Arena. Flamengo teve oportunidades e fez de pênalti. Nós tivemos e não fizemos os gols. Num todo, o Grêmio jogou de igual pra igual de novo. Queria ver quantos vem aqui e jogam de igual pra igual

Disputa no Brasileirão

Muitos falam que o Botafogo já é o campeão. Cada um tem sua opinião. No futebol já vi muita coisa. Esperamos brigar pelo título. Se não for possível, uma vaga direta na Libertadores. Só temos o Brasileiro e vamos mirar totalmente esse título. Está longe, é difícil, mas não é impossível. Vamos buscar uma vaga na Libertadores que também é nosso objetivo

Leia mais do Grêmio de Renato:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)