Renato rebate dirigente do Flamengo e diz o que achou de Gabigol com camisa do Corinthians

Técnico do Grêmio concedeu entrevista ao programa Boleiragem, do SporTV

Publicidade

A recente declaração do vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz, pedindo para o seu time não ter mais jogos marcados na Data-Fifa para não ter mais desfalques, foi respondida pelo técnico Renato Portaluppi. Durante o programa Boleiragem, do SporTV, o treinador do Grêmio disse que os seus problemas são bem maiores e que o Fla pode se dar ao luxo de ter até “três timaços” em um elenco só.

“Eu gosto do Braz, tive o prazer de trabalhar com ele. E ele tem uns três timaços, né? Imagina o Grêmio e com todos os problemas que estamos vivendo. E vamos ter três ou quatro convocados. Tem o Villasanti, o Soteldo, o Carballo recuperado agora e o Cristaldo, que se naturalizou paraguaio. E o Braz com tudo aquilo. Se ele fica no meu lugar então, o que ele faz? O futebol brasileiro tem muitas competições e cada uma puxa a sardinha para o seu lado. Tinha que parar o campeonato e todos os problemas estariam resolvidos”, opinou Renato, bastante sensibilizado com a situação do Rio Grande do Sul pela enchente.

Veja também:
1 De 6.005

Outro tema vinculado ao Flamengo que foi comentado por Renato foi a recente polêmica envolvendo Gabigol, que apareceu em foto vazada nas redes sociais utilizando uma camisa do Corinthians durante evento em casa com amigos – saiba mais aqui.

“Gosto muito do Gabigol, sou muito amigo. Não tem pra onde correr. Pelo menos ele se desculpou. Ele ter assumido é um grande passo. Ele sabe que errou. Ele sabe o que a torcida faz por ele. Ele sabe que errou. Deu muito mole, não foi pouco não. Mas que amigo é esse que estava na casa dele, hein? Que amigo! Com um amigo desse não precisa de inimigo”, ampliou Renato.

Renato e Gabigol Grêmio
Gabigol teve boa relação com Renato – Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Mais falas de Renato na entrevista ao programa do SporTV:

CT DO CORINTHIANS E COUTO PEREIRA FORAM IDEIAS DE RENATO

Agradecer o Corinthians que cedeu o CT. Basicamente, eles treinam um turno e nós no outro turno. Eles têm a preferência. O CT é muito bom e tem de tudo. Vestiário muito bom, o campo, a sala de musculação. Também agradecemos ao Coritiba, que cedeu o estádio. Foi uma ideia minha que eu passei para a diretoria. Para o Grêmio, no momento, é melhor jogar em Curitiba por termos bastante torcida. E é mais próximo para a nossa torcida se deslocar. Além de tudo isso, vamos ficar para trás por não poder jogar em Porto Alegre, sem o carinho do torcedor. Estaremos muito atrás dos demais. Se nada acontecer no campeonato, os times gaúchos correm sérios riscos esse ano

COISA “VAI FICAR FEIA” PARA OS TIMES GAÚCHOS

Ou para o campeonato ou ninguém seja rebaixado. Lá no RS, temos três clubes na primeira divisão que serão muito prejudicados no Brasileirão. Tem outras competições também. Daqui a pouco, se cai na zona do rebaixamento, para sair de lá com todos os problemas é difícil. Eu espero que a CBF busque soluções, senão infelizmente a coisa vai ficar feia para os gaúchos

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas