Rafael Ramos se manifesta após ser absolvido no STJD por caso relatado por Edenilson: “Estou aliviado”

Jogador português do Corinthians foi acusado por Edenilson de ter dito a palavra "macaco"

Publicidade

Em entrevista concedida à Corinthians TV, o lateral-direito Rafael Ramos se manifestou pela primeira vez após ter sido absolvido no STJD, por unanimidade, do caso de injúria racial relatado por Edenilson, do Inter. O volante colorado alegou ter sido chamado de “macaco” no segundo tempo do empate em 2×2, no Beira-Rio, pelo primeiro turno do Brasileirão.

“Eu estou aliviado. Não foi fácil o que eu passei. Nunca tinha passado por uma situação parecida, então nunca tinha vivenciado algo tão difícil na minha vida, eu acho. Eu tentei sempre, como todos viram, deixar de lado, dar o meu melhor no campo e ser o que sempre fui. Me sinto muito aliviado por ter tirado esse peso em cima de mim nesse momento. Foram semanas nada fáceis, meses”, disse o português, antes de ampliar:

“O caso se prolongou por muito tempo, infelizmente. Graças a Deus ocorreu tudo bem e, neste momento, fui absolvido dessa parte esportiva. Queria agradecer os torcedores, primeiro, porque recebi muito apoio deles. Até hoje me enviem mensagens. Agradecer a eles, minha família e meus amigos, que nunca duvidaram de mim”.

Para os auditores do STJD, as cinco perícias analisadas no processo foram inconclusivas e não comprovaram a injúria racial denunciada por Edenilson. Na época, Ramos foi detido no Beira-Rio e só esteve liberado a partir do pagamento de fiança.

O caso também segue tramitando na Justiça comum após a 14ª Vara Criminal e o Juizado do Torcedor e Grandes Eventos do Foro Central de Porto Alegre aceitarem a denúncia do Ministério Público contra o jogador nascido em Portugal.

Rafael Ramos x Edenilson

Recentemente, o Inter voltou a empatar em 2×2 com o Corinthians fora de casa, mas Edenilson foi reserva e só entrou no segundo tempo, enquanto Rafael Ramos saiu machucado no começo da etapa final. Assim, por óbvio, ambos não se encontraram em momento algum na partida jogada na Neo Química Arena.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO INTER:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas