Tem chance? Em busca de atacante, presidente do Grêmio sonha há tempos com a vinda de Róger Guedes

Grêmio deseja um atacante e vasculha o mercado atrás de outras opções

Publicidade

Perto de iniciar oficialmente a temporada de 2024, o Grêmio segue buscando reforços para ampliar as opções do técnico Renato Portaluppi e planeja contratar um centroavante para substituir Luis Suárez, novo reforço do Inter Miami, dos Estados Unidos. Alguns nomes estão sendo oferecidos e prontamente descartados, como Balotelli, Falcao García e mais. Outros até surgem, mas se sabe da dificuldade de viabilizar negócio.

É o caso de Róger Guedes, que não é exatamente um centroavante, embora já tenha exercido a função no próprio Corinthians. Gaúcho da cidade de Ibirubá, ele tem 27 anos e se transferiu no ano passado para o Al-Rayyan, do Catar, onde tem um lucrativo longo contrato a cumprir.

“O Róger Guedes… olha, esse aí, se eu pudesse, seria o primeiro que eu iria atrás. Chama ele para terminar o ano aqui com a gente (risos)”, disse o presidente gremista Alberto Guerra, em entrevista à Copero TV, antes de ser eleito no cargo em novembro de 2022.

“Não vou mentir não, não torcia para o Corinthians, minha família inteira é gremista. Mas tinha carinho pelo Corinthians, tinha essa vontade de jogar aqui, meus empresários sabiam, neste ano tive outras propostas, mas queria vir ajudar o Corinthians, era um sonho que eu tinha”, admitiu Guedes, em entrevista na época de Corinthians.

Grêmio tentou Guedes?

Uma informação trazida pelo jornalista Eduardo Gabardo, da Rádio Gaúcha, indica que Róger Guedes não foi tentado até este momento pela direção do Grêmio, embora tenha sido procurado por alguns clubes brasileiros, como o São Paulo.

“Atualmente no Al-Rayyan, foi especulado em alguns clubes brasileiros, como o São Paulo. No caso do Grêmio, não houve tratativa para a sua contratação. Pelo menos até agora, este jogador não tem conversas com a direção gremista”, afirmou o repórter.

Róger Guedes surgiu para o futebol brasileiro com a camisa do Criciúma e posteriormente foi comprado pelo Palmeiras, onde ganhou mais destaque. Ele ainda teve passagens pelo Atlético-MG e pelo Shandong Taishan, da China.

Leia mais:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas