WhatsApp: +5551985261953

Pelaipe diz que Mano teria evitado rebaixamento do Grêmio e culpa ex-dirigente por queda: “Era o sonho dele”

Paulo Pelaipe soltou o verbo ao falar do Grêmio em entrevista ao jornalista Luiz Carlos Reche

Conhecido por suas declarações fortes, o ex-dirigente do Grêmio, Paulo Pelaipe, afirmou em entrevista ao jornalista Luiz Carlos Reche que o time gaúcho não teria sido rebaixado em 2021 caso tivesse contratado o técnico Mano Menezes, hoje comandante do Internacional. Pelaipe ainda disparou contra o antigo vice de futebol gremista, Marcos Herrmann, substituído ainda no ano passado por Denis Abrahão.

“O Mano Menezes estava no Brasil no ano passado. Quando o Grêmio tirou o Felipão, e eu achei isso um erro, deveria ter buscado o Mano. Se contrata o Mano Menezes, o Grêmio não estaria na Série B esse ano. O Inter acertou na contratação e vai disputar vaga para a Libertadores da América”, colocou Pelaipe.

O antigo dirigente gremista apontou Herrmann como um dos principais culpados pelo rebaixamento e lembrou que, em 1998, a situação foi quase idêntica no clube com ele na direção:

“Mas o vice de futebol do Grêmio não conhecia nada de futebol. Não conhece nada de futebol. Em 1998 quase derrubou o Grêmio, só não derrubou porque o presidente Cacalo pediu o cargo dele e botou lá o Dr Preis, o Saul e o seu Rudi Petry. Agora, em 2021, ele conseguiu realizar o sonho dele de botar o Grêmio na segunda divisão. Contratando Mancini e tendo Mano no mercado”, acrescentou.

Confira as falas de Pelaipe sobre Mano Menezes e o Grêmio:

Gostou do site? Então deixe sua curtida: