fbpx

Pavan admite consulta do Flamengo, cita Alisson e defende trabalho no Inter: “Lomba se tornou o melhor do país”

Preparador de goleiros foi demitido recentemente do corpo técnico colorado

Demitido recentemente do comando da preparação de goleiros do Inter, Daniel Pavan voltou a dar declarações públicas em entrevista concedida à Rádio Guaíba neste sábado e defendeu o trabalho realizado em mais de duas décadas de clube. Desde 2015 ele é o profissional titular da área dos arqueiros e citou os legados com Alisson e Marcelo Lomba.

“O Alisson é uma bandeira do nosso trabalho. Ele ilustra muito bem a qualidade do trabalho que desenvolvemos. Trabalhamos 8 anos juntos”, disse Pavan, antes de citar Lomba:

“O Lomba é outro que se tornou protagonista no time do Inter, se tornou o melhor goleiro do Brasil estando no Internacional. O trabalho era muito consolidado, mesmo em momentos ruins os goleiros eram destaques do time”.

Em relação à comunicação de sua demissão, Pavan admitiu que, por se tratar de meio de temporada, foi pego um pouco de surpresa:

“Sair no meio da temporada me surpreendeu também, estávamos numa crescente… Mas eu respeito as decisões da direção, mesmo ficando chateado. Agora cada um segue seu caminho”, disse, para posteriormente finalizar:

“A gente sabe que trabalhar num clube como o Inter é uma grande exigência. Meus anos de trabalham falam por mim, ninguém fica tanto tempo num clube sem entregar resultados”.

Sobre o futuro, Pavan afirma não ter nada encaminhado com outro clube, mas confirmou que teve uma consulta do Flamengo logo depois de sair do Inter:

“Recebi algumas sondagens, nada que tenha chegado proposta oficial. O Flamengo me sondou sim, mas estamos tranquilos, sem pressa para definir o futuro”, encerrou.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas