Palmeiras se revolta com condições do Centenário antes de enfrentar o Grêmio; entenda

Jogadores palmeirenses não ficaram satisfeitos com as condições apresentadas

Acostumado a jogar no gramado sintético do Allianz Parque, em São Paulo, o Palmeiras se surpreendeu negativamente com o que encontrou no Centenário, em Caxias do Sul, nesta quinta-feira, antes de enfrentar o Grêmio em mais uma rodada do primeiro turno do Brasileirão. Os jogadores do time alviverde expressaram insatisfação antes do apito inicial da arbitragem.

“É um dos piores gramados que ja pisei, iluminação bem ruim também”, disse o goleiro Weverton, segundo registro feito pela reportagem da Rádio Guaíba no Centenário.

Veja também:
1 De 6.111

Este é o segundo jogo seguido que o Grêmio utiliza o Centenário, que é o estádio do Caxias, para fazer partidas do Brasileirão. Antes, no domingo, o tricolor quebrou a série de sete jogos sem vencer ao bater o lanterna Fluminense, por 1×0, com gol de Gustavo Nunes no segundo tempo.

Por que Grêmio x Palmeiras é no Centenário?

A decisão de jogar no Centenário se dá pelo fato de o Grêmio ainda não estar podendo utilizar a sua Arena, que segue passando por reparos em função das enchentes do mês de maio em Porto Alegre e no Rio Grande do Sul. A gestora do estádio tem evitado dar um prazo de retorno, mas uma previsão otimista indica o mês de agosto como o de retorno – nos bastidores, o tricolor tem otimismo de jogar contra o Fluminense, dia 13 de agosto, pela ida das oitavas da Libertadores, no seu tradicional estádio.

Palmeiras sofre gol relâmpago

Com menos de dois minutos, o Palmeiras saiu perdendo para o Grêmio no Centenário em jogada criada por Gustavo Nunes, que serviu Pavón já sem goleiro. Uma eventual vitória gremista pode deixar o time, enfim, fora da zona do rebaixamento do campeonato.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas