fbpx

Narrador fala em “tremenda” falta de educação de Gabigol em discussão com Felipão: “Tem idade para ser avô dele”

Atacante do Flamengo mostrou incômodo com o treinador rival e chegou a iniciar discussão

Uma cena envolvendo Gabigol com Felipão já no segundo tempo da vitória do Flamengo sobre o Grêmio marcou a partida desta quarta-feira no Maracanã. Antes do 2×0 ser efetivado com gols de Pedro, pelas quartas da Copa do Brasil, o atacante rubro-negro se irritou com a paralisação de uma jogada, chutou a bola para fora e partiu em direção a Felipão com dedo levantado.

Para o narrador Nilson César, da Rádio Jovem Pan, Gabigol mostrou uma “tremenda” falta de educação ao agir assim com quem tem idade até para ser o seu avô.

“Tremenda falta de educação. Cara mal educado, tremenda falta de educação. Tem jogador que vai longe na carreira se tivesse o mínimo de orientação. Tremenda falta de educação. Felipão tem idade para ser avô dele. Ridículo o comportamento do Gabigol. Deveria vir a público pedir desculpas ao Felipão”, disse Nilson, que completou em seguida:

“É um senhor com mais de 70 anos. Faltou educação do Gabigol. É marrento, mascarado, não jogou nada na seleção brasileira. Não é nem pelo currículo do Felipão, até pela idade. Atitude de moleque”, completou.

A atitude de Gabigol, como já era de se esperar, irritou imensamente os torcedores do Grêmio – veja aqui a repercussão nas redes sociais. No jogo de ida, vencida pelo Fla por 4×0 na Arena, o atacante já havia provocado dirigentes e torcedores rivais na Arena fazendo um gesto de “5” com as mãos.

Classificado, o Flamengo pegará o Athletico na semifinal da Copa do Brasil. Ao Grêmio, agora, resta apenas o Brasileirão até dezembro.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas