fbpx

“Não sou tanto assim”: a brincadeira de Mano Menezes com o presidente do Inter na última entrevista coletiva

Clima entre treinador e direção vem sendo muito bom neste momento da temporada

O bom momento do Inter na temporada tem feito até o técnico Mano Menezes brincar e se divertir nas coletivas de imprensa. Dessa vez, neste sábado, logo após o empate sem gols fora de casa diante do Athletico, o “alvo” foi o próprio presidente do clube, Alessandro Barcellos. Mano, ao falar da expectativa por reforços, prometeu não ser tão “bonzinho” assim com o mandatário.

É que, na coletiva da última segunda, depois da vitória de 1×0 sobre o América-MG, Mano alegou ser “bondoso” com o presidente no sentido de não ficar toda hora cobrando reforços. A janela reabre exatamente nesta próxima segunda, dia 18, com a direção colorada querendo pelo menos um novo centroavante.

“Corda esticada é um termo muito nosso. A gente nunca sabe o potencial final de uma equipe. Penso que ainda estamos distantes do nosso potencial final. A melhora que alguns jogadores vão apresentando faz com que a equipe cresça. Aumenta a confiança e assim você pode fazer mais. O mais importante é você não se acomodar. Exigir mais, trabalhar mais”, disse Mano, antes de acrescentar:

“Se estamos bem, vamos tentar ficar muito bem. Depois vamos tentar ficar ótimo. E é o que a gente tem feito respeitando todo mundo. Vai ser necessário trabalhar na reposição, na colocação de alguns jogadores. Mas estamos trabalhando com a tranquilidade que o campo está mostrando. Eu brinquei esses dias que sou bondoso com o presidente, mas não sou tão bonzinho assim (risos)”.

Em clima leve, principalmente entre comissão técnica e direção, o Inter volta a jogar nesta quarta-feira, 20h30, diante do São Paulo, no Beira-Rio. O colorado é o 4° do Brasileirão com 29 pontos.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas