Marchesín entende torcida do Grêmio e absorve as críticas: “Minha carreira fala por si”

Experiente goleiro argentino foi titular nesta terça-feira no lugar de Caíque

Publicidade

De volta ao time titular do Grêmio, o goleiro Agustín Marchesín não conseguiu impedir os dois belos gols do Huachipato nesta terça-feira, na Arena, na vitória do time chileno por 2×0 pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. O arqueiro argentino, que chegou a ser alvo da torcida no segundo tempo, concedeu entrevista na saída de campo e admitiu que precisa trabalhar para melhorar.

Marchesín ainda se disse “aberto” para receber críticas construtivas, mas mostrou estar seguro do seu potencial para poder ajudar o Grêmio no que vem pela frente:

“Não sei. Isso quem tem que falar é você. Às vezes, falam demais. Às vezes, a bola vai lá no ângulo e a culpa é do goleiro. Mas sei que tenho que trabalhar e melhorar. Faz muito tempo que não jogo. Com o passar dos jogos, vou ganhando mais segurança. Estou aberto às críticas construtivas, críticas que podem me ajudar a crescer. Obviamente, entendo quando o torcedor fica chateado. Mas eu sei o que sou como goleiro, minha carreira fala por si só. Agora é trabalhar e reverter esse momento”, comentou.

Na reta final do Gauchão, o titular do gol gremista foi Caíque, que voltou a ir para o banco na partida contra os chilenos pela Libertadores. A disputa segue aberta para a partida deste domingo, 16h, contra o Vasco, fora de casa, na estreia do Brasileirão.

Outras falas de jogadores do Grêmio nesta terça:

Du Queiroz:Eu sou sujeito homem. Nasci e fui criado em comunidade. Passei muita dificuldade na vida. Não é isso que vai me abalar não. Agora é retomar a confiança do torcedor gremista. Não fizemos um bom jogo tecnicamente e infelizmente o gol não saiu hoje. É trabalhar para melhorar, temos muitos jogos ainda pela frente. Temos que ganhar fora de casa para conseguir a nossa classificação

Soteldo:É complicado, mas temos um grupo bom. Vamos focar jogo por jogo. Tem dias que a bola não quer entrar no gol. Nós tentamos de todas as formas, mas não conseguimos. Temos que tratar de não sofrer gols. Precisamos virar a página porque temos jogo já no final de semana

LEIA MAIS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas