fbpx

Inter promove reformulações e demite o preparador de goleiros Daniel Pavan após duas décadas de clube

Profissional administrava os goleiros do elenco principal colorado desde 2015

No dia seguinte à derrota de 2×1 para o Palmeiras fora de casa, a segunda-feira começou com mudanças no Inter. Responsável pelo treinamento dos goleiros desde a temporada de 2015, Daniel Pavan foi demitido do clube em comunicado feito pelo executivo de futebol William Thomas. Profissionais da área médica e de preparação física também devem sair.

A decisão da demissão de Pavan surge no exato momento em que o titular da posição, Daniel, volta a sofrer algumas críticas da torcida. Contra o Palmeiras, ele foi criticado por espalmar uma cobrança de falta que gerou gol – o lance, porém, acabou anulado por impedimento com intervenção do VAR.

Pavan começou no Inter como professor das escolinhas de futebol em 1995. Posteriormente, se tornou auxiliar da preparação de goleiros da equipe até assumir o posto em definitivo no ano de 2015. Ele é apontado como peça importante na formação de Alisson, hoje titular do Liverpool e da Seleção Brasileira.

Outros nomes como Clemer, André Döring, Muriel, Renan, Marcelo Boeck, Dida, Danilo Fernandes e Marcelo Lomba também passaram pelas mãos de Pavan. Atualmente, o reserva imediato de Daniel é Keiller, que vem de uma boa temporada emprestado para a equipe da Chapecoense.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas