Inter entende empolgação da torcida e de Coudet por Oscar, mas evita criar expectativas

Direção não gera otimismo, mas admite que monitora o jogador de 32 anos

Publicidade

Desde 2017 no Shanghai Port, da China, o meia Oscar tem contrato válido até novembro na Ásia e é um dos sonhos do técnico Eduardo Coudet para o Inter. Recentemente, durante coletiva de imprensa, o treinador afirmou que gostaria de contar com o jogador e desde então empolgou a torcida, que tem ótima lembrança da passagem do atleta entre 2010 e 2012 no Beira-Rio.

Mas a direção do Inter, por mais que entenda este desejo dos torcedores e do treinador, prega total cautela na situação e evita criar clima de otimismo. Nesta segunda-feira, após presenciar o sorteio da fase de grupos da Copa Sul-Americana no Paraguai, o presidente Alessandro Barcellos falou novamente sobre Oscar:

“Passou pelo Inter e deixou saudades, deixou as portas abertas, um apreço muito grande. Sempre monitoramos este tipo de jogador pela proximidade com o clube e qualidade. Mas ainda é inicial. O contrato dele termina em novembro. Não sei se renovará. Tem tempo. É um jogador que buscamos saber a situação, o desejo. Se existir possibilidade, tentaremos contar com ele. Ainda não podemos tirar alguma conclusão”, afirmou o mandatário, em declaração recuperada pelo Globoesporte.com.

“O único jogador que vamos buscar para frente é Oscar. Não estou tão errado a quem queremos buscar. Já estou incomodando e já falei com seu empresário que quero Oscar. O empresário é o mesmo do Thiago Maia, não me aguenta mais. Me pedem que não fale, mas às vezes falo demais”, declarou Coudet, há algumas semanas.

Oscar tem carinho pelo Inter

O que se sabe neste momento é que Oscar ainda não definiu o seu futuro para a temporada de 2025. Mas o carinho pelo Inter é algo que ele sempre faz questão de ressaltar:

“Recebo um carinho enorme. Foram dois anos incríveis, cheguei um pouco antes das quartas de final da Libertadores em que fomos campeões, fui campeão gaúcho duas vezes, campeão da Recopa… Fui muito feliz desde que cheguei com uma geração que ganhou tudo no Inter. Tenho relação ainda com o presidente, mando mensagens, e tenho um carinho enorme pela torcida”, disse o jogador, ao site Globoesporte.com, em entrevista de dezembro do ano passado.

LEIA MAIS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul