Em meio à disputa de Grando e Caíque, Grêmio vai ao mercado e define goleiro alvo para 2024

A busca por um novo goleiro passa a ser pensada pelo clube para o ano que vem

Publicidade

Com ainda um jogo restante por fazer na temporada de 2023, que é contra o Fluminense fora de casa às 21h30 de quarta-feira, o Grêmio já olha o mercado pensando em reforços para o ano que vem. Com a Libertadores no calendário novamente, o clube deseja reforçar diferentes posições e passa a pensar com carinho na ideia de buscar um goleiro mais experiente.

Recentemente, a posição passou por mudança no time titular e Gabriel Grando (foto), que jogou desde a segunda rodada do Brasileirão, saiu para a entrada de Caíque nos jogos em casa contra Goiás e Vasco da Gama. A bola da vez para o gol gremista, segundo o jornalista Jeremias Wernek, da RBSTV, é Santos, do Flamengo.

Atualmente reserva do seu time, Santos tem contrato em vigor no Rio de Janeiro até 2025 e uma eventual contratação dependeria de negociação direta com a direção do Flamengo. O mesmo repórter informa que os primeiros contatos já foram feitos:

“O primeiro contato já foi feito, mas os valores ainda são considerados distantes — entre o que é pedido e a oferta possível pelo lado do Grêmio. Uma nova rodada de conversa deverá ocorrer assim que o Campeonato Brasileiro for encerrado”, explicou Wernek.

Santos, que já tem convocações para a Seleção Brasileira no currículo, também teve uma passagem vitoriosa pelo Athletico, seu último clube antes da ida para o Flamengo. Por já ter 33 anos, a experiência seria um item a seu favor na visão do Grêmio.

RS – ESPORTES/FUTEBOL – Gabriel Grando, goleiro do Grêmio, durante aquecimento antes do inicio da partida contra o Flamengo, válida pela 29ª rodada do Brasileirão série A 2023. FOTO: Roberto Vinícius/AGAFOTO

Caíque quer ficar no Grêmio; Grando pode sair

Com o mercado voltando a ficar aquecido a partir do final do ano, o Grêmio acredita que poderá receber propostas do exterior por Gabriel Grando. Em caso de valores do agrado do clube, a saída deverá ocorrer sem maiores problemas. Já Caíque, que tem contrato até dezembro de 2023, espera ficar por mais tempo e seguir mostrando o seu trabalho em campo:

“Sou funcionário do clube até o dia 31. Eu sabia que teria que estar preparado para agarrar a oportunidade e agora tive essa sequência, fiz o meu melhor para ajudar a equipe. E agora eu deixo nas mãos do meu empresário e da direção do Grêmio. Mas já deixei claro que quero ficar, quero sentir essa atmosfera do Grêmio e disputar a Libertadores”, disse Caíque, após a vitória sobre o Vasco.

Leia mais notícias:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)