Como o Grêmio observa a atual situação de Marcelo Grohe na Arábia e as chances de retorno

Goleiro fará 37 anos em janeiro e tem uma história vitoriosa com a camisa gremista

Publicidade

Ainda com uma certa indefinição entre os seus goleiros, devendo manter Caíque como titular na abertura de 2024, o Grêmio segue observando a situação do seu ex-arqueiro Marcelo Grohe. Ele, que é ídolo da torcida tricolor, irá completar 37 anos em janeiro e tem vínculo válido com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita, até o meio da temporada do ano que vem.

Embora observe a situação contratual de Grohe, o Grêmio evita alimentar uma possibilidade de contratação em breve e praticamente descarta uma negociação agora. O jogador se encontra adaptado na Arábia Saudita, embora ainda não saiba se irá renovar ou não após o meio do próximo ano.

Grohe não atuou nas últimas partidas do Al-Ittihad, inclusive no Mundial de Clubes, mas não está afastado pelo técnico Marcelo Gallardo. Segundo informações do repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, o ex-gremista teve uma lesão e depois um quadro de febre, ficando impossibilitado de jogar.

Em alta, Marcelo Grohe deixou o Grêmio no final da temporada de 2018 e foi diretamente para o Al-Ittihad, onde permanece até os dias de hoje. Desde então, o tricolor vem tendo dificuldades em afirmar o seu substituto, passando desde então por Paulo Victor, Vanderlei e Júlio César, até chegar nos jovens Brenno, Adriel e Gabriel Grando e, por fim, Caíque.

Grohe venceu muito pelo Grêmio

Criado nas categorias de base do Grêmio, Marcelo Grohe passou a ter sequência na titularidade em 2014 após a saída de Dida. Nos primeiros anos, enfrentou certa resistência de torcida e imprensa, mas cresceu de produção em 2016 com a chegada dos títulos. Ele se tornou peça determinante nas conquistas da Copa do Brasil, da Libertadores e da Recopa Sul-Americana.

Leia mais do Grêmio:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)