Elenco do Grêmio evita comparação com Suárez, mas celebra chegada de Diego Costa: “Vamos abraçar”

Centroavante de 35 anos estava sem clube desde que saiu recentemente do Botafogo

Publicidade

O elenco do Grêmio recebeu bem e encarou com bons olhos a chegada de Diego Costa, de 35 anos, que estava livre no mercado desde a saída do Botafogo e deverá ganhar a camisa 9, vaga desde a saída de Suárez. Os próprios jogadores entendiam que era fundamental a vinda de mais um jogador de área, que possa contribuir para a temporada repleta de jogos entre Gauchão, Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão.

O clube, porém, quer evitar qualquer tipo de comparação entre Diego Costa e Suárez, que, curiosamente, foram colegas no Atlético de Madrid, da Espanha. Em entrevista à Rádio Gaúcha, o meio-campista Pepê falou exatamente sobre isso:

“Vamos abraçar. É inegável o grande jogador que ele é, a quantidade de clubes que ele jogou, a quantidade de gols que ele fez. A gente está muito feliz de ele estar aqui. Com relação ao Suárez, eu já havia dito: passou, ele foi um excelente companheiro de equipe para nós. A gente foi muito feliz. Ele, de fato, é sensacional. Ajudou muito no ano passado, e agora a gente deseja as melhores coisas para ele. Agora, o Diego Costa é um grande jogador. Isso é indiscutível. Acredito que ele vai ajudar muito nesse ano, se Deus quiser”, citou Pepê.

Diego Costa, que assinou contrato até dezembro deste ano, chega apto a ser inscrito para a sequência do Gauchão, que tem janela aberta até sexta-feira, dia 16. Veja aqui uma projeção de estreia do novo centroavante contratado pelo Grêmio.

Renato satisfeito com Diego Costa

No final de semana anterior, o técnico Renato Portaluppi entrou em cena na negociação e conversou por vídeo com Diego Costa por cerca de 40 minutos. Posteriormente, em coletiva, o treinador admitiu que precisou “convencer” o jogador a voltar ao Brasil, já que tem vida estabilizada na Espanha.

“É um jogador que jogou em alto nível na Europa. Não precisa de apresentação. Por onde passou fez muitos gols e teve sucesso. Foi cogitado para jogar uma Copa pelo Brasil. Tem todas características para nos ajudar. Vai nos ajudar sem dúvida. Conversamos, fizemos proposta e ele aceitou. A vida dele está na Espanha, mas ele aceitou o desafio”, explicou o comandante.

LEIA MAIS DO GRÊMIO:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas