Geromel espera voltar a jogar com Kannemann em 2024 e cita maior frustração pelo Grêmio: “Não superei”

Experiente zagueiro Pedro Geromel ainda não renovou o seu contrato com o Grêmio

Publicidade

Completando 10 anos de Grêmio, Geromel tem um desejo bem claro para os próximos meses: renovar por mais um ano com o clube e viver um 2024 ativo dentro de campo, de preferência fazendo a famosa parceria com o amigo Walter Kannemann. Em entrevista concedida ao site GZH, o defensor falou exatamente da ótima relação dentro e fora de campo com o argentino:

“A gente não tem vaidade. Está sempre disposto a ajudar o Grêmio. E por isso a gente se potencializa. Grandes jogadores, quanto mais melhor. O Kannemann é um deles, um cara que transpira o clube, a motivação e vontade, algo invejável.  Uma amizade muito forte nos faz sempre estar aprendendo. Espero que a gente possa voltar a jogar juntos no ano que vem”, declarou.

Juntos, Geromel e Kannemann iniciaram a parceria de sucesso no ano de 2016 e já, de cara, venceram a Copa do Brasil. Depois, foram decisivos na conquista do tri da Libertadores e posteriormente na Recopa Sul-Americana, além de uma série de Gauchões.

Geromel lembra jogo de 2018

Uma das maiores frustrações de Geromel com a camisa do Grêmio foi a eliminação para o River Plate, na Arena, em 2018, na fase de semifinal da Libertadores. Ele admite que até hoje não superou a forma que aquela queda aconteceu:

“Ainda não superei. Tínhamos um time melhor, qualificado em relação ao ano anterior. Estávamos confiantes para buscar o bicampeonato. Nunca mais assisti àqueles lances”, lembrou.

Na mesma entrevista, Geromel confirmou que topa reduzir o seu salário para seguir por mais um ano no Grêmio. A tendência é que as tratativas sigam ocorrendo, até porque é da vontade do presidente Alberto Guerra a permanência do capitão no grupo.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)