Dirigente do Santa Cruz pede afastamento de zagueiro e deixa o cargo após ter solicitação negada

Experiente zagueiro Tairone acabou acertando o jovem meia gremista Jefinho

Publicidade

A forte entrada do zagueiro Tairone, do Santa Cruz, segue dando o que falar. Após o clube não aplicar uma punição rigorosa por sua cotovelada em Jefinho, da base gremista, em recente amistoso em Eldorado do Sul, o dirigente do time do interior gaúcho Lairton Falcão dos Reis pediu demissão do cargo de vice-presidente. Ele havia solicitado o desligamento do defensor, mas não foi atendido.

Como o Santa Cruz bancou a permanência do zagueiro, Lairton deixou o cargo que ocupava na direção como forma de demonstrar não concordar com a postura do clube. O “Galo”, como é conhecido, disputará novamente a Série A do Gauchão a partir de janeiro.

O Santa Cruz venceu o amistoso de 1×0, em jogo que atuou com a sua equipe principal. Jefinho, considerado um talento da base gremista pela habilidade no meio de campo, passará por cirurgia pela lesão gerada em sua face. Ele deve ficar de fora da disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior em janeiro.

Santa Cruz lança nota oficial

“O Futebol Clube Santa Cruz lamenta o fato ocorrido durante o jogo-treino com a equipe sub-20 do Grêmio, que resultou em uma lesão no atleta gremista Jefinho. Expressamos nossa sincera solidariedade com o atleta e desejamos que ele possa estar o mais rápido possível de volta aos gramados”, falou o Santa Cruz em nota oficial.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)