fbpx

“Fui jogador, sei como são esses lances”: a explicação de Abel Ferreira para a cotovelada de Luan em Diego Souza

Lance acabou marcando negativamente a participação do zagueiro alviverde na final da Copa do Brasil

Lateral-direito de sucesso no futebol português, o atual técnico palmeirense Abel Ferreira se reportou aos tempos de jogador para tentar explicar a forte cotovelada de Luan em Diego Souza no último domingo, na Arena, marcando negativamente a participação do zagueiro alviverde na final da Copa do Brasil contra o Grêmio.

Inicialmente, o árbitro Marcelo de Lima Henrique iria dar o amarelo, mas mudou a cor do cartão ao ver o rosto de Diego Souza coberto de sangue. Para Abel, a estatura dos dois jogadores contribuiu para o desfecho do lance:

“São situações que acontecem no jogo. Eu já falei com o Luan, sei que os jogadores querem proteger a bola, ele é alto, tentou proteger. Sei que as pessoas vão dizer que foi imprudente. Eu fui jogador, sei como são esses lances, temos que proteger. Infelizmente o adversário era menor que ele”, declarou.

Luan tem 1.88m, contra 1.86m de Diego Souza, que recebeu as desculpas do zagueiro de forma presencial no vestiário e depois nas redes sociais:

“Reitero, aqui, minhas sinceras desculpas ao meu amigo Diego Souza pela cotovelada hoje, como já fiz pessoalmente. Às vezes, dentro de campo, acontecem coisas inexplicáveis e reconheço o meu erro. Também peço desculpas e agradeço aos meus companheiros, comissão técnica e torcida do Palmeiras”, postou o defensor no Instagram.

Alan Empereur, que entrou na Arena, deve ser o escolhido para começar no domingo, às 18h, no Allianz Parque, onde o Palmeiras atuará com a vantagem de ter feito 1×0 em Porto Alegre. Não há mais saldo qualificado na final da Copa do Brasil.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas