fbpx

Fred confirma que Índio foi o zagueiro “mais chato” que enfrentou e conta história divertida do ex-colorado: “É louco”

Ex-centroavante do Fluminense lembrou do ex-jogador do Inter em nova entrevista

Aposentado recentemente vestindo as cores do Fluminense, o ex-centroavante Fred contou histórias da carreira em entrevista ao Podpah e sobrou até mesmo para o antigo zagueiro colorado Índio. Para o goleador, o antigo defensor do Inter pode ser considerado o marcador “mais chato” que pegou ao longo da carreira. E justificou contando alguns fatos bem curiosos.

“O Índio, zagueiro do Inter. Quando eu estava na base do América-MG ele passou por lá, mas só passou. Aí depois eu tive destaque e ele também estava bem no Inter, campeão da Libertadores, da Sul-Americana. Ele ficava assim no meio do jogo: ‘Não tô acreditando, olha lá, uma blusa azul no meio da torcida’. Aí eu olhava pro lado e ele tomava meu chiclete e colocava na boca. Outra hora ele fazia um teatro e tropeçava assim. ‘Nossa, você é muito forte’. O cara é louco”, disse Fred, antes de concluir: “Indião era um dos mais resenha de todos. Mas era do bem”.

A história do chiclete “roubado” também já foi contada algumas vezes por Aloísio, ex-artilheiro do São Paulo, que passou pela inusitada situação na final da Libertadores de 2006, no Beira-Rio, que terminou com a conquista colorada.

Índio jogou de forma ininterrupta no Inter entre 2005 e 2014, quando encerrou a carreira 9 anos após deixar o Juventude rumo ao Beira-Rio. Ele fez parte dos momentos mais gloriosos do clube como as Libertadores de 2006 e 2010, as Recopas de 2007 e 2011, o Mundial de 2006 e a Sul-Americana de 2008.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas