Fernando aceita atuar na função de zagueiro se for a necessidade do Inter: “Estarei pronto”

Volante, que jogou por muito tempo na Europa, quer ajudar o técnico Eduardo Coudet

Publicidade

Apresentado oficialmente com a camisa do Inter nesta última quinta-feira, o volante Fernando prometeu ajudar o time da maneira que o técnico Eduardo Coudet desejar e não descartou atuar como zagueiro quando for preciso. Ele confirmou que já atuou nesta posição ao longo de sua carreira, que foi construída em grande parte na Europa em clubes como Porto, Manchester City e mais recentemente Sevilla.

“Já atuei como zagueiro, mas sempre atuei como primeiro volante nos clubes que passei e algumas vezes até como segundo. Estarei pronto e disponível para o treinador. O jeito que ele quiser me utilizar eu vou fazer o melhor para poder ajudar o clube”, colocou Fernando.

Na Europa, o novo camisa 5 do Inter teve a oportunidade de conviver com o famoso técnico Pep Guardiola durante um período no Manchester City. E os aprendizados foram grandes:

“Me ajudou bastante, aprendi muito com ele. É um treinador espetacular. A diferença dele é o detalhe. Ele cobra bastante, aprendi muito com ele, a ser muito competitivo e correr bastante também. As pessoas podem achar que no time dele não se corre, mas todos correm muito também”.

Fernando pelo Inter
Fernando já vem trabalhando no Inter – Foto: Ricardo Duarte/Inter

Por que o Inter?

Segundo Fernando, o Inter já o procurava desde 2021, mas, na época, a sua opção foi de renovar o contrato com o Sevilla e permanecer na Espanha. No fim de 2023, as partes se acertaram, até que um problema familiar fez o jogador decidir voltar ao Vila Nova, passando um mês em Goiânia – foram apenas seis partidas no período.

“Fiquei muito feliz com a abordagem do Inter. A forma que me trataram, tudo deu certo. Passei um mês no Vila Nova onde pude ajudar muito a minha família. O Inter entendeu, mandou mensagem, as pessoas do clube foram sempre muito educadas comigo. A gente nunca deixou de se falar. Finalmente estou aqui e agora é trabalhar bastante para conquistar muitas coisas aqui e dar alegria ao torcedor”, explicou, antes de falar do seu estilo de liderança em campo e no vestiário:

“Sou um líder de ser exemplo, tanto como jogador, quanto como pessoa. Gosto de mostrar nas atitudes, pois sou um pouco mais tímido. É todo mundo se ajudando, caminhando para o mesmo lado e assim conquistando grandes coisas. Sei do peso que tem essa camisa, esse número. Vou me esforçar bastante, fazer o melhor dentro e fora de campo. E fica na história do clube quem ganha título e espero que eu possa ganhar para ficar na história do Inter”.

Fernando estará no Beira-Rio sábado

Antes do jogo contra o São Luiz, 16h30, sábado, no Beira-Rio, o Inter apresentará aos torcedores o volante Fernando e o atacante Rafael Borré, que farão uma caminhada no gramado para ter este primeiro contato com a torcida no estádio. Eles, vale lembrar, não estão aptos para a disputa do Gauchão. O duelo é em caráter único e o time mandante tem a vantagem do empate para passar à semifinal, onde esperaria o ganhador de Guarany-BA x Juventude.

A tendência é que Fernando e Rafael Borré possam ser relacionados para o duelo contra o Nova Iguaçu, na quarta, dia 13, às 20h, em Brasília, em partida única pela segunda fase da Copa do Brasil.

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO INTER:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas