fbpx

Falcão fala de Dourado, diz que gosta de “coisas diferentes” no futebol e lembra: “Estou no mercado”

Paulo Roberto Falcão concedeu entrevista à Rádio Gre-Nal durante a tarde desta quinta-feira

Em uma semana que Dourado virou alvo de críticas da torcida do Inter e da imprensa, especialmente pelo seu desempenho durante o clássico Gre-Nal de domingo, vencido pelo Grêmio por 2×1 no Beira-Rio, o também ex-volante e ídolo colorado Paulo Roberto Falcão teceu brevíssimas palavras sobre o atleta em nova entrevista.

À Rádio Gre-Nal, o Rei de Roma lembrou que, em 2016, praticamente nem trabalhou com Dourado por conta do seu curto período comandando o clube – foram apenas cinco partidas no Brasileirão.

“Eu trabalhei com o Dourado apenas três dias, eu não vi o Dourado de perto”, disse Falcão, antes de falar da importância de um elenco grande: “Também é importante, em um grupo de jogadores, você ter pelo menos 17 atletas em condições de serem titulares”.

Dourado
Dourado teve pouco tempo de trabalho com Falcão – Foto: Reprodução/RBSTV

Sem trabalhar ativamente no futebol desde exatamente esta passagem pelo Inter, há cinco anos, Falcão garante que segue no mercado e que pensa em novos desafios:

“Eu estou no mercado, eu gosto de futebol, acho que tenho muito a contribuir. Eu não gosto da mesmice no futebol, eu gosto de fazer coisas diferentes”, ampliou o ex-atleta.

Antes de 2016, Falcão teve outras duas passagens comandando o Inter e, em 2011, também durou pouco, mas faturou o título do Gauchão nos pênaltis diante do Grêmio de Renato Portaluppi:

“Foi uma grande semana. Renato e eu fomos para televisão, tentamos valorizar essa disputa, essa relação”, lembrou Falcão.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas