Ex-Grêmio, Diego Tardelli publica carta aberta na web e confirma que se aposentou do futebol

Atacante teve uma passagem curta pelo Grêmio ao longo da temporada de 2019

Publicidade

Ex-jogador do Grêmio durante um curto período na temporada de 2019, onde não conseguiu se destacar, o atacante Diego Tardelli pendurou oficialmente as suas chuteiras e anunciou a aposentadoria do futebol em um longo texto nas redes sociais. Ele se disse extremamente “grato” ao que o esporte proporcionou e disse ter realizado vários sonhos ao longo da sua trajetória.

Tardelli venceu a Libertadores de 2005 pelo São Paulo e a de 2013 pelo Atlético-MG, clube onde se tornou ídolo e teve mais de uma passagem. Seu último time, no entanto, foi o Santos, onde teve passagem discreta na reta final de 2021.

Com a camisa do Grêmio, foram 47 jogos e 7 gols em uma passagem turbulenta, de pouca sequência como titular e insatisfação extracampo. Posteriormente, em entrevistas, ele admitiu que queria ter voltado para o Atlético-MG ao deixar o futebol da China. No Brasil, ele ainda teve passagens por clubes como São Caetano e Flamengo.

Trecho do texto de Diego Tardelli, ex-Grêmio

“Como é difícil dar “adeus” ao futebol. Ainda não sei nem se é o momento certo e se estou preparado para me despedir. Foi assim também, meio que de repente e sem eu estar preparado, que tudo começou no dia 9 de março de 2003. Em apenas dez minutos, a minha vida se transformava e aquele sonho de criança foi se tornando realidade. 

Obrigado a todos atletas, treinadores, comissões técnicas, imprensa, presidentes, diretores e aos meus empresários Giuliano e Beto Fedato, que ao longo desses 20 anos fizeram parte da minha jornada. Foi tudo incrível, o futebol me proporcionou tantas coisas maravilhosas, que eu jamais poderia imaginar e viver tudo o que vivi.

Realizei o sonho de conhecer alguns dos meus ídolos e até mesmo jogar com alguns deles. Conhecer países diferentes, conhecer culturas novas, chegar à seleção brasileira, ganhar títulos, ser respeitado… Enfim, foi lindo e não me arrependo de nada. 

Deixo aqui também o meu agradecimento a todos os clubes por onde passei. Em alguns pude ter mais alegrias, em outros nem tanto, mas cada um teve a sua importância na minha vida profissional, sempre respeitando e fazendo de tudo para honrar e cumprir com os meus objetivos”.

LEIA MAIS:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)