Escalação do Grêmio contra o Flamengo no Maracanã terá mudanças importantes

Técnico Renato Portaluppi passa a conviver com mais desfalques neste momento do ano

Publicidade

Já no Rio de Janeiro, o Grêmio iniciou nesta última segunda-feira os preparativos para encarar o Flamengo, quinta-feira, às 20h, na retomada do Brasileirão. O técnico Renato Portaluppi, desde já, sabe que vai ter que mexer na escalação que vinha jogando os jogos da Libertadores e que buscou vitórias sobre The Strongest e Huachipato e empatou com o Estudiantes.

Dois desfalques já são conhecidos, casos de Villasanti e Soteldo, que estão respectivamente com Paraguai e Venezuela para os preparativos da Copa América. Já o centroavante Diego Costa tem lesão muscular e pode parar por cerca de dois meses – saiba mais detalhes aqui.

Veja também:
1 De 6.005

Além disso, para o específico jogo contra o Flamengo, Renato não poderá utilizar o atacante Gustavo Nunes, que está suspenso pelo terceiro amarelo. O treinador, como mostramos nesta reportagem, ainda abriu margem para promover troca entre os goleiros, mesmo que Marchesín viva boa fase.

Assim, uma possível escalação do Grêmio para o confronto de retorno do Brasileirão nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, pode ter: Marchesín (Rafael Cabral); João Pedro, Rodrigo Ely, Kannemann e Reinaldo; Dodi, Pepê e Cristaldo; Edenilson (Galdino), JP Galvão e Pavón.

A agenda do Grêmio

  • 13/6: Flamengo (Maracanã)
  • 16/6: Botafogo (Espírito Santo)
  • 19/6: Fortaleza (Fortaleza)
  • 22 ou 23/6: Inter (local indefinido, mas poderá ser no Couto Pereira-PR)
  • 26/6: Atlético-GO (Goiânia)

LEIA MAIS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas