Empresário de promessa do Grêmio desaprova declaração de Renato: “Exposição desnecessária”

Agente do atacante Gustavo Nunes não gostou da postura do treinador neste domingo

Publicidade

O staff do jovem atacante Gustavo Nunes, que recentemente se destacou pelo Grêmio na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, não gostou da postura do técnico Renato Portaluppi na última coletiva de imprensa. Neste domingo, o treinador repercutiu a não ida do jogador para Pelotas, palco da vitória de 1×0 sobre o Brasil, pelo Gauchão, lamentando e até criticando a alta pedida salarial para renovar.

De acordo com informações obtidas pelo repórter Leonardo Sonda, da Rádio Bandeirantes, o empresário de Gustavo considerou que Renato fez uma “exposição desnecessária” do caso. As partes seguem conversando visando uma renovação contratual e novidades poderão ser comunicadas ainda nesta semana.

“Todos os garotos vão ter oportunidades desde que renovem o contrato. Aí entra o problema dos empresários, que acham que os guris da base são o Messi. Antes precisam mostrar. O contrato que o clube oferece é muito bom. Chega do jogador ganhar valor alto sem jogar. No momento que começar a mostrar, aí tem os gatilhos. Torcedor pode ficar tranquilo. Estamos no caminho certo. Os que estavam na Copinha eu tenho aproveitado quando dá. O Gustavinho (Gustavo Nunes) não veio hoje por conta desse problema”, afirmou Renato, neste domingo.

A situação do jovem atacante do Grêmio

Gustavo Nunes, como mostra a foto de capa desta matéria, chegou a treinar no grupo principal na última semana. Havia a expectativa de que pudesse ir para Pelotas, o que não aconteceu. O jovem tem contato com o Grêmio até outubro de 2025, com multa rescisória de R$ 5,5 milhões, considerada baixa para clubes brasileiros. A informação é do site Globoesporte.com.

Leia mais notícias:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)