fbpx

Douglas aprova vinda de estrangeiros, mas brinca com equatoriano ex-Grêmio: “Esse aí… esquece”

Ex-meia gremista se mostrou satisfeito com as recentes contratações gringas do clube

Primeiro Borja, depois Villasanti e, quem sabe, Campaz. Focado em melhorar os resultados dentro do Brasileirão, onde ainda ocupa uma posição na zona do rebaixamento, o Grêmio focou as suas atenções e buscou reforços estrangeiros, algo que é aprovado pelo ex-meia do clube, Douglas.

Em participação no programa Tudo Em Off, no YouTube, junto com o também ex-jogador Luís Mário e os comunicadores Tomer Savoia e Duda Garbi, o “Maestro” opinou de forma favorável aos gringos.

“Acho que depende de cada um, mas é válido. Por exemplo, o Kannemann era um cara mais aberto, queria aprender português, chegava, falava, se enturmava rápido. Já o Bolaños era tímido, na dele. Mas tem que respeitar. O Bolaños, dentro de campo, jogava muito. Eu adorava jogar com ele, muito inteligente”, disse o antigo camisa 10.

Arroyo
Arroyo ganhou a 9, mas não brilhou pelo Grêmio – Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Durante a fala do ex-meia, Duda Garbi citou o exemplo do equatoriano Miky Arroyo, contratado em 2017 e que pouco ou quase nada vingou no Grêmio.

“Esse aí… esquece. Em uma semana engordou uns 8 quilos. Só imagino o que comeu. Esquece (risos)”, disse Douglas.

Arroyo atuou em apenas sete partidas, sem ter anotado nenhum gol pelo Grêmio. Na época, o contrato assinado foi de três anos, mas em janeiro do ano seguinte, 2018, já havia sido liberado e foi para o Barcelona-EQU.

Confira o Tudo Em Off:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas